Foto da noticia

Detentores da Qualidade

18 de Julho de 2016


Escrito por Aristides Alves - aristides.alves@gmail.com
12-May-2008
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Crônicas
 
Artigo referente à Motivação Religiosa                                                                  
 
todos irmãos unificados em Cristo Jesus. 

Fomos contemplados dias atrás com a inspiração do irmão Walmir da Rocha Melges de Bauru sobre Motivação Religiosa (ver o link a seguir).

Clique aqui

Após ler e reler todo o conteúdo, três simples palavras dentre as 1270 que ele escreveu me chamou a atenção, e a meu ver, concluiu com um desfecho importantíssimo para o seu relato.

Detentores da Qualidade.

Foram essas, as três palavras que centralizaram e fixou muito bem o que antes havia sido falado.

Essas três simples palavras, Detentores da Qualidade, realmente diferencia-nos dos demais povos. Já pudemos presenciar as lindas pregações mencionando desde o Antigo até o Novo Testamento, para cada um de nós, independente da ocasião foi tocado profundamente dentro de nós um determinado assunto, seja por uma provação em que estivéssemos passando ou ainda melhor por uma conquista que tínhamos alcançado. A pregação do Santo Evangelho foi, é e sempre será nossa defesa, busca, agradecimento, correção e paz entre nós mesmos e com nosso Poderoso Senhor Deus, juntamente com seu Amado Filho e o demais Anjos que em contínuo nos assiste.  
 
Agora quanto a ser Detentor da Qualidade, é na minha opinião um grau por demais elevado. E nós da Sã Doutrina fomos agraciados com isso e aqueles que observam a Doutrina também compartilham dessa graça.

Nos dias atuais constantemente presenciamos a desolação que está o mundo. O quanto o homem material está se degradando. As lutas materiais são constantes, desde a menor criança que ao nascer já enfrenta vários medos, os de pouca idade ainda na adolescência travam batalhas com eles mesmos e depois sem ao menos vencê-las ainda confrontam com os chamados adultos que esses últimos por sua vez com suas “responsabilidades” que o mundo material impõe são acometidos por conflitos ocasionando perdas irreparáveis em suas vidas e ao chegar na tão sonhada e difícil velhice eles olham para o tempo que ficou atrás e aí percebem o quanto erraram nas suas ações, sentimentos e decisões, mas já é o fim do seu percurso e não há o que fazer, corrigir, relevar ou apagar, seu destino já foi traçado, não digo por alguém, mas por ele mesmo.

Com os Detentores da Qualidade não ocorre o mesmo.

Fomos
 e sempre seremos privilegiados com a misericórdia de nosso Bom Deus. É claro que isso só ocorrerá se permanecermos seguindo a sua lei e guardando seus mandamentos, não como pessoas obrigadas a fazer isso, mas acima de tudo voluntariamente, obedecendo ao Nosso Pai Eterno de todo nosso coração e pensamento. A nós foi dada essa inteligência e raciocínio lógico que agindo assim tudo estará a nosso favor e fazendo assim só temos a ganhar.

A sabedoria que nos é dada ainda mais nos gradua como Detentores da Qualidade.

Fomos chamados na Doutrina de Cristo para assim o fazer.

Sabemos que se fosse para ser olhada nossa características e ações como homens comuns veríamos muitas diferenças mesmo pertencendo a mesma crença, mas o Senhor Jesus já nos instruiu em seus escritos, independente do que façamos ou falarmos, seja bem ou seja mal somos movidos espiritualmente. Ao praticarmos o bem, rogar pelo bem estar de alguém, dar louvores a Deus pelo que ele nos tem feito ou pelas boas pessoas que nos rodeia estamos agindo pelo Espírito Santo, é ele que está manifestando em nós.

Mas ao contrário disso é o maligno, que com sua inveja e maledicência a todo o momento tenta de todas as formas fazer o povo de Deus perder o título de Detentores da Qualidade, mas quanto a isso não devemos nos preocupar, pois ao nosso favor está o Deus das grandes guerras. Esse mesmo Amado Deus que um dia fitou-nos com os olhos da mansidão, estendeu suas mãos de amparo, nos acolheu com seu abraço de um bom amigo e pai espiritual e nos colocou acima de muitos, para que através de nós as suas maravilhas, graça, poder, virtude, glória, onipresença, domínio e poder fosse manifesto.

A todos Detentores da Qualidade que a sabedoria do Nosso Eterno Deus, o Amor Supremo de Nosso Amado Senhor Jesus Cristo e a assistência divina que o Espírito Santo nos proporciona, possa preencher todos os corações, superabundar em todos pensamentos e ainda mais fortalecer o nosso bem viver na Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia.   

Campinas, 30 de Abril de 2008.
Aristides Alves Oliveira Neto.

Atualizado em ( 07-Aug-2011 )