SÃ DOUTRINA ESPIRITUAL DO SÉTIMO DIA

Abra Seu Coração Para Deus

Home Últimas Publicações As Colunas do Senhor Biografia de Augusto de Oliveira

Últimas Publicações

Biografia de Augusto de Oliveira

25 de Março de 2023

Laercio Neves Leal

laercioleal.repre@gmail.com

sadoutrina.org - As Colunas do Senhor

UM POUCO DE SUA HISTÓRIA
           
Nascido em Bela Vista-SP, no dia 08 de setembro de 1931, filho de uma família pobre, desde cedo já saiu de casa em busca de trabalho. La pelo ano de 1956 começou a trabalhar com famílias que já seguiam a Sã Doutrina na cidade de Dracena – SP, mais precisamente no bairro das Palmeiras.
 
Conheceu ali as famílias de Gino Botura, os mineiros como eram conhecidos os irmãos Pedro, Geraldo e Zequinha e a família Sinigália que residiam no bairro das Palmeiras e também o irmão João Galvão que morava no bairro Cantagalo. Conheceu a doutrina e com pouco tempo já se batizou.
           
Morou por um tempo com o irmão João Galvão, que segundo ele sempre dizia, foi o seu grande mestre e incentivador nas sagradas letras, as vezes dando oportunidades a ele e as vezes cobrando dele o aperfeiçoamento na palavra de Deus.
 
Contava ele que em certa época ele se interessou por uma irmã para se casar e o irmão João Galvão, sem saber de nada lhe chamou após o trabalho espiritual e lhe disse que não era pra ele levar em frente aquela ideia de casamento.
 
E, seguindo esse conselho viveu solteiro todos os dias de sua vida e também  se distanciou de sua família carnal e passou a fazer parte de familia da Sã Doutrina.
 
Morando com João Galvão ele viu muitas maravilhas na doutrina o que lhe despertou o interesse de estudar cada vez mais a Bíblia Sagrada.
         
Depois da partida de Joao Galvão, no ano de 1959, começou ele então um período de evangelização tendo convertido várias famílias, entre elas a familia dos Leite, Jose Leite, os filhos Dionizio Leite e Manoel Leite, os genros Bonifácio Xavier de Oliveira e Lioniro Alcântara  (Lió).
         
Entre os anos de 1968 a 1969 mudou se para o Mato Grosso onde permaneceu por pouco tempo e de lá mudou se para a cidade de São Paulo onde também não firmou residência voltando para Dracena.
 
No ano de 1972 voltou definitivamente para o Mato Grosso se estabelecendo na cidade de Mirassol Doeste. Mirassol era uma cidade nova que já se despontava na região e o irmão Augusto tinha algumas habilidades e com isso conseguiu se destacar em algumas obras e ali, segundo ele, ganhava muito dinheiro, tanto em algumas obras na cidade como também em fazendas que iniciavam suas atividades na região e que por isso oferecia muitas oportunidades para montagem de currais, cochos, cercas e outras benfeitorias para o exercício da pecuária.
           
E nessa região ele teve um grande destaque na conversão de muitas famílias juntamente com o irmão Agenor Paulino (que hoje reside em Sinop–MT) e também sempre foi um grande evangelizador. Nessa época converteram na doutrina os irmãos Bernardino Borges, irmão Prezentino, irmão Jose Rodrigues com suas famílias, entre outros.
         
Nessa época de sucesso também material ele construiu várias casas em Mirassol Doeste, e conseguiu se capitalizar com imóveis bem construídos que tinham um grande valor. Antes dos anos 1990 ele decidiu vender esses imóveis, distribuir o dinheiro entre pessoas necessitadas e enviou uma boa quantia para o Lar da Sã Doutrina de Dracena que estava em fase de construção, comprou uma pequena chácara bem próxima da cidade onde construiu uma casa simples e ali terminou seus dias de vida.
 
Essa casa simples teve dias de muita gloria em sua velhice. Ali ele tinha prazer em receber irmãos que iam de todos os lugares, alguns para revê-lo outros para conhecê-lo. Por ser um homem de um conhecimento muito grande no evangelho e pela liderança que exercia era procurado por muitos que tinham alguns problemas familiares, desentendimentos e necessitavam de ajuda.
 
Na região de Mirassol Doeste, Curvelandia, Lambari Doeste, Quatro Marcos era um verdadeiro líder, casamentos, batismos, velórios era ele ou alguém enviado por ele que realizava as pregações. Era também chamado para pregar casamentos até em outras regiões por onde era conhecido ou tinha morado. No ano de 1979, por exemplo, foi ele quem pregou o casamento de Laercio e Ângela Leite na cidade de Dracena.
       
Quem convivia com ele e teve o prazer de ouvir suas narrativas das passagens da Bíblia Sagrada via em suas palavras um profundo conhecimento do assunto, as vezes até se aprofundando tanto em passagens proféticas que exigia do ouvinte uma concentração no que era dito para que se pudesse de fato entender seu discurso que as vezes se estendia até a madrugada e não faltava conteúdo no assunto relatado.
           
Anos antes de seu falecimento aconteceu um fato interessante; ele tinha um companheiro de longa data que conviveram muito tempo juntos em Dracena, irmão Joaquim Gonzaga. Com a vinda dele pra Mato Grosso e a ida do Gonzaga (como dizia ele) para o Paraná os dois nunca mais se encontraram, depois o irmão Joaquim Gonzaga foi morar no Lar Sã Doutrina de Campinas e sabendo disso ele dizia que tinha vontade de ver seu amigo/irmão dos tempos da Java Paulista em Dracena.
 
O irmão Ezequiel Gomes, Zico, como é conhecido, da cidade de Várzea Grande – MT sabendo disso prometeu que daria a passagem de avião para que esse desejo se concretizasse. Mas enquanto o irmão Joaquim Gonzaga ainda era vivo não foi possível de realizar esse encontro e um dia o irmão Lineu Neves Mazano de Campinas nos comunicou que o irmão Joaquim Gonzaga morador do Lar Sã Doutrina de Campinas havia falecido e nos deu uma tarefa ousada; mandar o irmão Augusto para se despedir do seu grande amigo.
 
Fizemos uma força tarefa, nós de Várzea Grande/Cuiabá com os irmãos de Mirassol Doeste e numa façanha inédita conseguimos embarcar-lhe no início da noite com destino a São Paulo, onde foi recebido pelo irmão Lineu que o conduziu até Campinas onde era velado o irmão Joaquim Gonzaga.
 
Ele passou uns dias em Campinas e Rio Claro e foi até Dracena. Essa viagem de avião de ida e volta de Cuiabá/São Paulo ficou marcada em sua vida e sempre que se lembrava dizia do prazer que sentiu de ter feito essa viagem pois além de participar da despedida desse irmão que ele tanto considerava e encontrar muitos irmãos ele nunca tinha viajado de avião, o que segundo ele dizia, ficou impressionado pelo fato de ser tão rápido e com tanta tranquilidade, e se essa oportunidade passasse talvez nunca viajaria. E o irmão Zico cumpriu o que havia prometido.
           
Algum tempo depois, no ano de 2010, irmão Augusto teve umas complicações em sua saúde, iniciou um tratamento em Mirassol Doeste, depois passou por Cáceres e por fim Cuiabá, onde foi internado no Hospital Santa Helena.
 
Permaneceu por cerca de trinta dias internado e nesse período teve todo apoio dos irmãos de Várzea Grande, Cuiabá e de outros lugares que vieram para acompanhar os dias em que ele passou em tratamento, causando até uma grande admiração por parte dos enfermeiros, médicos e companheiros de quarto pela presença constante de irmãos que revezavam para que ele nunca ficasse sozinho, como diz Salmos 68:6 Deus faz com que o solitário viva em família...
         
No dia 08 de novembro de 2010 ele fez sua partida e seu corpo foi velado na casa, também congregação do irmão Candido, em Mirassol Doeste –MT, onde já há algum tempo ele congregava e nesse dia foi possível confirmar o grande amor que todos tinham por ele, não somente os irmãos da Sã Doutrina como um grande número de amigos que ali estavam prestando aquela última homenagem.
         
Mas sua história não acaba aqui; ele deixou uma carta solicitando ao irmão Manoel Rocha para que fosse aberta no dia em que ele partisse, para que esse irmão vendesse seu imóvel e um veículo que ele possuía e o valor fosse distribuído aos irmãos necessitados e assim foi feito e foi destinado uma parte ao Lar Sã Doutrina de Campinas, Lar Sã Doutrina de Dracena e demais pessoas necessitadas de outras localidades.
         
Essa foi a história de uma grande personagem que viveu em nosso tempo e tivemos o prazer de conviver com ele e muitos de nossa época aprenderam muito com seu grande conhecimento da Bíblia Sagrada.
 
Ele continua vivo em nossas memorias, pois além de tudo que aprendemos com ele em vida, na função de Consolador ele nos traz mensagens que complementam a nossa fé em Jesus Cristo e a nossa confiança na ressurreição.
       
Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.
Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.
 2º Timóteo 4:7 e 8.

               
Várzea Grande – MT, Março de 2023

847