Foto da noticia

Os Vícios e Seus Malefícios

17 de Fevereiro de 2008

RJJSC - Campinas-SP


www.sadoutrina.org - biblioteca Digital - Trabalhos

 Elaboração: Anderson Menas, Tatiane Machado, Simone Fatuch, Stella Cristina e Crystian Baptista. Reunião de Jovens - Ministério do Jardim São Cristóvão – Campinas-SP  

Iniciando o trabalho “Os Vícios e seus Malefícios” já é do conhecimento de nós todos que o uso de drogas legais ou ilegais (incluindo cigarros e também as bebidas alcoólicas) tem sido a causa de vários e graves problemas tanto em relação a nossa saúde que no caso seria a saúde pública, quanto também em relação à criminalidade no mundo, passando pela desagregação de milhares de famílias.
 
E é por esse motivo que achamos de extrema importância à abordagem desse tema. O intuito dessa palestra é alertar e aconselhar Pais e Filhos e enfim, os irmãos para que essa iniqüidade não conduza os irmãos a se distanciarem da Sã Doutrina e dos Dez Mandamentos e também para que ninguém sofra desprezo e discriminação entre a sociedade, os familiares e amigos. Nós não devemos nos deixar levar pelos vícios afinal temos que nos preparar para herdarmos a vida eterna.-

Partindo do principio que nós, da Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia, não estamos isolados da sociedade, pelo contrario, convivemos diariamente com pessoas que não são do nosso meio, embora em menor grau, estamos expostos aos mesmos problemas relacionados aos vícios. Sabemos que infelizmente já houve pessoas da nossa doutrina que se deixaram levar pelos mesmos, sendo para nós motivo de muita tristeza.   
 
É normal que o jovem queira experimentar coisas novas, pois é nessa fase que surgem às incertezas, inseguranças, curiosidades e descobertas, mais é em algumas dessas escolhas que muitos acabam errando, pois alguns ainda na sabem medir as conseqüências dos seus atos. 

O que leva um jovem a entrar para o mundo dos vícios? 

São muitas as causas. Dentre elas se destacam as seguintes. 
Influencia de amigos:

É normal em grupos de colegas comuns ou incomuns haver aqueles que são adeptos as drogas e querem com entusiasmo nos convencer de que as drogas sempre podem nos ajudar a relaxar, a nos livrar do problemas. Porém esquecem de nos dizer que essa ilusão a principio boa, passa, e o que fica é a desintegração de toda sua vida. E muitos sem a devida orientação acabam se deixando envolver. 

Desajustes familiares:

É necessário detectar o problema na sua origem, que pode estar no lar, pois o conflito familiar é uma das causas mais freqüentes que fazem os jovens procurar os vícios. O desentendimento, a falta de diálogo, de carinho e ausência dos pais, ajudam o jovem a encontrar refugio nos vícios. O lar é o ponto de referencia para o jovem; o que se passa na sua casa serve de exemplo para seu comportamento em outros lugares. 

Segundo uma pesquisa do Centro Brasileiro de Drogas Psicotrópicas, 52% de homens e 44% de mulheres de 17 anos já consumiram álcool e 6,9% de meninos e 3,5% de meninas da mesma idade são dependentes. Essa mesma pesquisa consta que o maior intuito do jovem com bebida não é apreciar o seu sabor e sim se embriagar; significa que ele está buscando uma nova identidade, um mundo diferente do seu. Logo existe uma insatisfação quanto a sua realidade. 

Falando diretamente com os pais.

Qual a orientação que você passa dentro da sua casa a seu(s) filhos (s) em relação a este assunto? Há alguma mensagem ou conselho para passar aos jovens? 

E neste momento iremos passar algumas dicas de como vocês pais podem conversar sobre os vícios com seus filhos. 

Explique o efeito e riscos do álcool e outras drogas no corpo.

-  Seja claro quanto as suas exigências e estabeleça regras.

- Supervisione seu filho, saiba onde ele está com quem está e o que está fazendo, mas sem parecer controlador. É preciso confiar também.

- Converse sobre as conseqüências de se ter um vício no trabalho e na escola. 

E é por isso que vocês Pais devem analisar a importância de como se portam dentro de casa, não dando lado para que seu filho um dia possa jogar isso na sua cara e dizer “como você pode me cobrar se você sempre faz isso”. Por isso que devemos tomar muito cuidado com nossos atos. 

A vocês que tem a total responsabilidade de instruírem seus filhos não deixem de ter um dialogo aberto; falem com eles; mostrem a realidade principalmente para os adolescentes mais novos com 12/13 anos que estão começando a conhecer como é realmente o mundo lá fora; estão indo as escolas onde é o lugar que concentram muitas pessoas que tem vícios e acabam oferecendo aos demais. Por isso que vocês devem ser os espelhos para os seus filhos, ensinando e mostrando o caminho da verdade, instruindo-os para não desviarem da palavra de DEUS, e não se deixando levar para os vícios. 

Falando diretamente com os jovens. 

Quais as precauções que devemos tomar para estarmos longe dos vícios? 

Nós que somos jovens devemos estar muito atento às coisas que nos são oferecidas; não devemos ir pela mente das outras pessoas; se aquele colega usar algum tipo de droga, não é motivo para usarmos também; vamos ficar longe dessas coisas que não convém, procurando as coisas que realmente tem valor. Vamos buscar a salvação.

E é bom lembrar que os vícios podem causar doenças como câncer de pulmão, deficiências cerebrais e cirrose hepática. Existem danos que nenhum tratamento clínico e psiquiátrico pode reverter, como destruição de lares, perda de emprego, distanciamento da doutrina, atos ilícitos e consequentemente a destruirão do próprio espírito. 

A partir de tudo o que foi discutido aqui podemos observar que os vícios devem ser combatidos no começo ou até mesmo antes que venham a ocorrer (um tratamento preventivo). 

Os pais devem ter o dialogo frequente com os filhos, estando atentos a qualquer desvio de conduta e personalidade. Entre os membros da Sã Doutrina não deve haver discriminação ou acepção de pessoas, de modo a incluir uns em detrimento de outros.

---Sempre que for notada a ausência de algum irmão é interessante procurarmos averiguar a causa da mesma e se possível ajudá-lo a solucionar o problema. 

---E para você, que está lendo nesse momento e se sente sozinho ou excluído, procure auxilio com o senhor DEUS. Lembre-se que ele te ama e não quer que nenhum de nós ausente-se do caminho que conduz a salvação. 

A bíblia diz para os crentes:

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.

(Tiago cap:4 vers:7.)

Quando o jovem tem DEUS em sua vida ele sente força para fazer frente ao vicio e em encarar como um pecado e ofensa a DEUS. O vicio é o agente do diabo para destruição de vidas. Eles têm que ser combatidos no lado espiritual e só DEUS dá vitória contra o diabo.

Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.

(João cap:2 vers:14)

Temos uma arma poderosa que supera os problemas que o mundo oferece. É o refugio em DEUS! 

Irmãos e amigos da palavra de Deus, esta é uma mensagem da Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia - Ministério do Jardim São Cristóvão. 

Atualizado em ( 11-Jul-2010 )
Imagem Abertura

Publicações