Foto da noticia

Os Cinco Maridos de Samaria

31 de Julho de 2016


Escrito por Darci Fernandes   
10-Sep-2015
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
 - fernandesonline@outlook.com

A escritura sagrada é um livro especial. Buscamos na história a referencia para o conhecimento, mas a interpretação deve ser espiritual como é o entendimento e a prática da Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia.
No capítulo 4 do livro de João, Jesus teve uma conversa com uma mulher Samaritana e fala de um assunto que nem sempre tem uma concordância de entendimento entre os irmãos.  
Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá. A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido. Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido;Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade.João 4; 16,17 e 18.

Para conhecer o significado dos cinco maridos é preciso conhecer a história de Israel para entender exatamente o significado do diálogo de Jesus com a mulher Samaritana.
Samaria e Israel pertenciam há um mesmo reino nos tempos de Davi e Salomão. Esse reino era composto pelas doze tribos de Israel.
Esse reino foi dividido em dois: ao sul ficou o reino de Judácomposto pelas tribos de Judá e Benjamin, com sua capital em Jerusalém, e ao norte o reino de Israel, composto pelas outras dez tribos restantes e com sua capital em Samaria.
Os habitantes do reino do sul eram os judeus e os do reino do norte os samaritanos.
O rei Salmaneser da Assíria conquistou o reino de Israel. Com o objetivo de destruir os sentimentos nacionais dos povos conquistados, ele levou muitos dos samaritanos para outras terras de seu domínio e trouxe estrangeiros de outras terras para Samaria. 
Os samaritanos que ficaram casaram-se com as estrangeiras que vieram, da mesma forma que os estrangeiros casaram-se com as samaritanas. Por causa dessa mistura, os judeus não reconheciam os samaritanos como “puros”, e os tratavam com desprezo.
Por essa razão a mulher estranhou o fato de Jesus conversar com ela e lhe pedir água, pois os judeus sequer falavam com os samaritanos.
A mulher do texto representava todo o povo de Samaria.
Cinco povos estrangeiros juntamente com seus deuses pagãos vieram habitar Samaria.
O rei da Assíria trouxe gente de Babilônia, de Cuta, de Ava, de Hamate e de Sefarvaim e a fez habitar nas cidades de Samaria, em lugar dos filhos de Israel; tomaram posse de Samaria e habitaram nas suas cidades.   II Reis 17:24
Esses eram os cinco maridos da mulher samaritana.
Esses povos trouxeram consigo seus costumes, religiões e deuses:
Babilônia – cultuavam uma deusa chamada Sucote-Benote.
Cuta – cultuavam o deus Nergal.
Ava – cultuavam deuses Nibaz eTartaque
Hamate – cultuavam a deusa Asima.
Sefarvaim – cultuavam os deuses Adrameleque e Anameleque
O sexto marido era a situação atual em que se encontrava Samaria. Não tinha uma aliança com Deus. Jesus agora era o senhor e oferecia a mulher uma aliança eterna.
Jesus não escolheu o poço de Jacó para ter essa conversa com a mulher Samaritana por acaso. Por causa de toda essa mistura religiosa que Samaria havia passado, eles eram rejeitados pelos judeus.
Jesus então diz para Samaria que ele agora é a água pura que traz vida eterna. Ele é o poço. E ele agora chama Samaria de volta, e mais, diz para que todos os povos que ali habitavam que cultuavam outros deuses, que eles também poderiam vir.
A água que Ele estava oferecendo era ele mesmo, a salvação para todos e não tinha mais distinção de judeu, samaritano ou gentio. A água era para todos, Jesus é a água que traz vida em abundância.
É nessa água que nós, irmãos da Sã Doutrina lavamos nossas vestes quando fomos renascidos, anteséramos gentios e hoje sacerdote de Deus andando pelo caminho que é Cristo em direção ao reino celestial, morada eterna no reino de Deus.                                                                                                                            
E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra. Apocalipse 5;10            
E como sacerdote, temos Cristo como modelo, por isso no nosso culto espiritual também reunimos aqueles que não tiveram a oportunidade de ser chamado para este caminho a serem purificado na água que é Cristo e entrar na cidade santa, morada para todos aqueles que são chamados filhos de Deus.
Porque o nosso Deus é um fogo consumidor. Hebreus 12:29 

Atualizado em ( 10-Sep-2015 )
 

Publicações