Foto da noticia

Dispensação da Graça

31 de Julho de 2016


Escrito por Pedro Augusto Silva   
19-May-2016
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
 - Irmão Pedrinho
 
Tema: Dispensação, concessão da Graça do Senhor Deus, no sentido doutrinário, como também na correção imposta pelo Senhor Deus através dos tempos.
Dispensação é o período de tempo, durante o qual os homens são provados a respeito da obediência à certa revelação da vontade de Deus.
Romanos 12 vs 1 e 2: “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”
Hebreus 10 vs 35 e 36: “Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão. Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa”.
 
1ª Dispensação: A Edênica
Isto é, referente ao Jardim do Éden, da inocência do homem no Jardim até o pecado e a expulsão do Jardim para ser lavrador da terra. O homem era perfeito, pois era criado à semelhança do Senhor Deus e do Senhor Jesus e dos anjos.
Gênesis 1 v 26: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme à nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra”.
Gênesis 2 v 7: “E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em seus narizes o fôlego da vida: e o homem foi feito alma vivente”.
Romanos 5 v 14: “No entanto, a morte reinou, desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir”.
I Coríntios 15 vs 45/47: “Assim está, também, escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão, em espírito vivificante. Mas não é o primeiro o espiritual, senão o animal; depois, o espiritual. O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu”.
  
2ª Dispensação: A anti-diluviana
Da consciência dos homens desde a queda até ao dilúvio (1700 anos + ou -). Os homens expulsos do Jardim eram conhecedores do bem e do mau, eles podiam seguir os desejos dos seus corações, mas corromperam-se tanto, que a dispensação terminou com o diluvio.
Gênesis 6 vs 5,12 e 13: “E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era só má continuamente. E viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra. Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra”.
Lucas 17 vs 26/30: “E como aconteceu nos dias de Noé, assim será, também, nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. Como, também, da mesma maneira, aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; Mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar”.
II Pedro 2 vs 5/8: “E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios; E condenou à subversão as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente; E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis, (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, pelo que via e ouvia sobre as suas obras injustas)
Eclesiastes 11 vs 9/10: “Alegra-te, mancebo, na tua mocidade, e recreie-se o teu coração, nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos: sabe, porém, que, por todas estas coisas, te trará Deus a juízo. Afasta, pois, a ira, do teu coração, e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade”.
Eclesiastes 12 v 14: “Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau”.
 
3ª Dispensação: A pós-diluviana
Desde o diluvio até a dispersão na confusão das línguas. Abrange o período de tempo da construção da torre de Babel, que significa confusão. Gênesis 11. Da palavra Babel surgiu Babilônia, mãe de todas as prostituições e abominações na terra. A primeira Babilônia física surgiu na terra de Sinar.
Gênesis 11 v 2: “E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale, na terra de Sinar; e habitaram ali”.
Zacarias 5 vs 5/11: “E saiu o anjo que falava comigo, e me disse: Levanta agora os teus olhos, e vê que é isto que sai. E eu disse: Que é isto? E ele disse: Isto é um efa que sai. Mais disse: Esta é a semelhança deles em toda a terra. E eis que foi levantado um talento de chumbo, e uma mulher estava assentada no meio do efa. E ele disse: Esta é a impiedade. E a lançou dentro do efa; e pôs sobre a boca dele o peso de chumbo. E levantei os meus olhos, e olhei, e eis que duas mulheres saíram, agitando o ar com as suas asas, pois tinham asas como as da cegonha; e levantaram o efa entre a terra e o céu. Então eu disse ao anjo que falava comigo: Para onde levam estas o efa? E ele me disse: Para lhe edificarem uma casa, na terra de Sinar, e, estando ela acabada, ele será posto ali, em seu próprio lugar”.
 
4ª Dispensação – Dos Patriarcas desde a chamada de Abraão
Gênesis 12 vs 1/9: “Ora o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Assim partiu Abrão, como o Senhor lhe tinha dito, e foi Ló com ele; e era Abrão da idade de setenta e cinco anos, quando saiu de Harã. E tomou Abrão Sarai, sua mulher, e Ló, filho do seu irmão, e toda a sua fazenda que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram, para irem à terra de Canaã; e vieram à terra de Canaã. 
E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam então os cananeus na terra. E apareceu o Senhor a Abrão, e disse: À tua semente darei esta terra. E edificou ali um altar ao Senhor que lhe aparecera. E moveu-se dali para a montanha, à banda do oriente de Betel, e armou a sua tenda, tendo Betel ao ocidente e Ai ao oriente; e edificou ali um altar ao Senhor, e invocou o nome do Senhor. Depois, caminhou Abrão dali, seguindo ainda para a banda do sul”.
Gênesis 15 vs 1/16: “Depois destas coisas, veio a palavra do Senhor a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão. Então disse Abrão: Senhor Jeová, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Elieser? Disse mais Abrão: Eis que me não tens dado semente, e eis que um, nascido na minha casa, será o meu herdeiro. E eis que veio a palavra do Senhor a ele, dizendo:
Este não será o teu herdeiro; mas aquele que das tuas entranhas sair, esse será o teu herdeiro. Então o levou fora, e disse: Olha, agora, para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua semente. E creu ele no Senhor, e foi-lhe imputado isto por justiça. Disse-lhe mais: Eu sou o Senhor, que te tirei de Ur dos Caldeus, para dar-te a ti esta terra, para a herdares. E disse ele: Senhor Jeová, como saberei que hei de herdá-la? E disse-lhe: Toma-me uma bezerra de três anos, e uma cabra de três anos, e um carneiro de três anos, uma rola, e um pombinho. E trouxe-lhe todos estes, e partiu-os pelo meio, e pôs cada parte deles em frente da outra; mas as aves não partiu. 
E as aves desciam sobre os cadáveres; Abrão, porém, as enxotava. E, pondo-se o sol, um profundo sono caiu sobre Abrão; e eis que grande espanto e grande escuridão caiu sobre ele. Então disse a Abrão: Saibas, de certo, que peregrina será a tua semente, em terra que não é sua, e servi-los-ão; e afligi-los-ão quatrocentos anos; Mas, também, eu julgarei a gente, a qual servirão, e, depois, sairão com grande fazenda. E tu irás a teus pais em paz; em boa velhice serás sepultado. E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia”.
Até o Êxodo do Egito um período de tempo de 430 anos. Neste período de tempo de Adão até Moisés, satanás tinha feito fracassar os planos do Senhor Deus 4 vezes:
1ª: Pela queda do homem no Éden
2ª: Pelo Diluvio
3ª: Pela dispersão em Babel na confusão das línguas
4ª: Pelo cativeiro no Egito
 
5ª Dispensação: Da Lei dos Holocaustos e dos Sacrifícios: Desde o Sinai até o Calvário.
Colossenses 2 vs 13/14: “E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou, juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, Havendo riscado a cédula que era contra nós, nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz”.
Efésios 2 vs 11/22: “Portanto, lembrai-vos de que vós, noutro tempo, éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que, na carne, se chamam circuncisão, feita pela mão dos homens; Que, naquele tempo, estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos concertos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe,já pelo sangue de Cristo chegastes perto.
Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne, desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar, em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz, E, pela cruz, reconciliar ambos com Deus, em um corpo, matando com ela as inimizades. E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto; Porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai, em um mesmo Espírito. 
Assim que, já não sois estrangeiros, nem forasteiros mas concidadãos dos santos e da família de Deus; Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual, todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual, também, vós, juntamente, sois edificados para morada de Deus em Espírito”.
II Coríntios 3 vs 3/18: “Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. E é por Cristo que temos tal confiança em Deus; Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos, mas a nossa capacidade vem de Deus, O qual nos fez, também, capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, e o espírito vivifica. 
E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória, Como não será de maior glória o ministério do espírito? Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça. Porque, também, o que foi glorificado, nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória. Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece. 
Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar. E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram endurecidos, porque, até hoje, o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E, até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará. Ora o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. 
Mas, todos nós, com cara descoberta, refletindo, como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”.
Mateus 5 vs 38/48: “Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; E, ao que quiser pleitear contigo e tirar-te o vestido, larga-lhe também a capa. E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas. Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes. 
Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e aborrecerás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; Para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão havereis? não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os publicanos também assim? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus”.
Mateus 27 v 51: “E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras”.
Este versículo nos mostra claramente que os sacrifícios dos animais, para o Senhor Deus não tinha mais valor algum para expiação dos pecados dos homens e o que tem valor para o Senhor Deus é o sangue do Senhor Jesus Cristo.
Hebreus 9 vs 11/15: “Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha, esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, 
Quanto mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo, imaculado, a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? E, por isso, é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte, para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna”.
Não se trata porem dos 10 mandamentos que permanece em vigor.
Mateus 5 vs 17/20: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir. Porque, em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido. Qualquer, pois, que violar um destes mais pequenos mandamentos, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar, será chamado grande no reino dos céus. Porque vos digo que, se a vossa justiça não excedera dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus”.
João 8 vs 10/11: “E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu, também, te condeno; vai-te, e não peques mais”.
Mateus 19 vs 16/21: “E eis que, aproximando-se dele um mancebo, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei, para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não  bom senão um só, que éDeus. Se quiseres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o mancebo: Tudo isso tenho guardado, desde a minha mocidade: que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se quiseres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me”.
Lucas 23 vs 55/56: “E as mulheres, que tinham vindo com ele da Galileia, seguiram, também, e viram o sepulcro, e como foi posto o seu corpo. E, voltando elas, prepararam especiarias e unguentos; e no sábado repousaram, conforme o mandamento”.
Lucas 4 v 16: “E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler”.
Atos 17 vs 2/3: “E, passando por Anfípolis e Apolónia, chegaram a Tessalonica, onde havia uma sinagoga de judeus. E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles; e, por três sábados, disputou com eles sobre as Escrituras”.

6ª Dispensação: A Graça de Deus para com a Igreja                                                       
João 1 vs 15/17: “João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem depois de mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu. E todos nós recebemos, também, da sua plenitude, e graça por graça. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”.
Tito 2 vs 11/15: “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos, neste presente século, sóbria, e justa, e piamente, Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo; O qual se deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniquidade, e purificar, para si, um povo seu, especial, zeloso de boas obras. Fala disto, e exorta e repreende com toda a autoridade. Ninguém te despreze”.
Efésios 2 vs 4/10: “Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele, e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus, Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça, pela sua benignidade para conosco, em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus, para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas”.
A dispensação da Graça para a Igreja abrange um período de tempo desde a crucificação até a 2ª vinda do Senhor Jesus.
Mateus 24 vs 36/44: “Porém, daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente meu Pai. E, como foi nos dias de Noé, assim será, também, a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca. E não o perceberam, até que veio o dilúvio e os levou a todos, assim será, também, a vinda do Filho do homem. 
Estando dois no campo, será levado um e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma e deixada outra. Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor; Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso, estai vós apercebidos, também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis”.
Essa vinda é individualmente para cada um.
Mateus 16 v 27: “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará, a cada um, segundo as suas obras”.
Isaias 27 v 12: “E será, naquele dia, que o Senhor padejará o seu fruto desde as correntes do rio, até ao rio do Egito; e vós, ó filhos de Israel, sereis colhidos um a um”.
 
7ª Dispensação: Do reino na Plenitude dos tempos
Efésios 1 v 10: “De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra”.
Colossenses 1: “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo: Aos santos e irmãos fiéis em Cristo, que estão em Colossos. Graça a vós, e paz, da parte de Deus, nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo! Graças damos a Deus, Pai do nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós, Porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes para com todos os santos; Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já antes ouvistes, pela palavra da verdade do evangelho, Que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade; Como aprendestes de Epáfras, nosso amado conservo, que para vós é um fiel ministro de Cristo, O qual nos declarou, também, o vosso amor no Espírito. 
Por esta razão, nós, também, desde o dia em que o ouvimos, não cessámos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus; Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência e longanimidade, com gozo; Dando graças ao Pai, que nos fez idóneos para participar da herança dos santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é a imagem do Deus invisível, o primogénito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há, nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades: tudo foi criado por ele e para ele; E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele; 
E ele é a cabeça do corpo da igreja, é o princípio e o primogénito de entre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, E que, havendo por ele feito a paz, pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. A vós, também, que noutro tempo éreis estranhos e inimigos no entendimento, pelas vossas obras más, agora, contudo, vos reconciliou No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda a criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.
Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; Da qual eu estou feito ministro, segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus; O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos; Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória; A quem anunciamos, admoestando a todo o homem, e ensinando a todo o homem, em toda a sabedoria, para que apresentemos todo o homem perfeito em Jesus Cristo; E para isto também trabalho, combatendo segundo a sua eficácia, que obra em mim poderosamente”.
Todos os versículos nos mostram a reconciliação, a união e a congregação entre nós e os santos anjos, para que possamos juntos com todos os santos possuir ou entrar no reino e na glória do Senhor, como diz nos versículos 12 e 13 do capítulo 1 de Colossenses.
O reino prometido a Davi.
Salmos 89 vs 34/37: “Não quebrarei o meu concerto, não alterarei o que saiu dos meus lábios. Uma vez jurei, por minha santidade, que não mentirei a Davi. A sua descendência durará para sempre, e o seu trono será como o sol perante mim; Será estabelecido para sempre, como a lua: e a testemunha no céu é fiel”.
Lucas 1 vs 31/33: “E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. 
Foi instituído pelo Senhor Jesus
Apocalipse 22 v 16: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã”.
A paz do Senhor Deus e o amor do Senhor Jesus e a comunhão do Espírito Santo seja com todos. Amém
Pedro Augusto Silva
Junho/2015

Atualizado em ( 01-Jun-2016 )

Publicações