Foto da noticia

Deveres de Pais e Filhos

31 de Julho de 2016


Escrito por Natalino de Souza Breves   
21-Dec-2015
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
 - natabreves@hotmail.com

Quando lemos na Bíblia, encontramos como quinto mandamento na lei de Deus assim: “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá.” Êxodo 20. 12.
Esse mesmo mandamento pode ser encontrado também mencionado por Jesus assim: “Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo” Mateus 19:19 e pelos apóstolos de Jesus, como no escrito de Paulo assim: “VÓS, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.” Efésios 6. 1 – 3
Pois bem, os filhos obedecer aos pais é mandamento de Deus, portanto deve ser obedecido. Filho que deixa de ter honra aos pais, está desobedecendo ao mandamento de Deus e como o apostolo Paulo disse é um mandamento com promessa de longa vida.
 
Às vezes um filho desobedece às ordens dadas pelos pais, talvez considere desnecessário obedecer, pode também parecer ordens ultrapassadas para os dias de hoje, tempo que vivemos uma grande modernidade, e principalmente tempo de muita liberdade e ninguém deve ser privado de suas liberdades.
Temos por um lado o dever de pais, conforme mandamentos na Bíblia Sagrada. “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” Provérbios 22:6. Então pais têm o dever de educar os filhos, e é uma missão dada por Deus.
Também está escrito:
 
“porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Hebreus 12. 7 – 9
 
Corrigir, além de dever dos pais, mandamento de Deus, é também prova de amor. O mesmo acontece se Deus nos corrige, é porque nos considera como filhos. Logo podemos entender que correção deve estar presente na nossa vida na condição de filhos, filhos de Deus, amados tanto pelos pais carnais quanto pelo pai espiritual. Então não devemos resistir à correção, antes reverenciar, isto é, respeitar, ter honra por quem nos corrige, ter respeito.
Deus deixou de opção livre a obediência dos filhos aos pais? Obedece se quiser? Se não quiser tudo bem? Precisamos conhecer como Deus disse no princípio e assim vamos ver que era mais sério, tinhas graves implicações.
 
Quando alguém tiver um filho contumaz e rebelde, que não obedecer à voz de seu pai e à voz de sua mãe, e, castigando-o eles, lhes não der ouvidos,
Então seu pai e sua mãe pegarão nele, e o levarão aos anciãos da sua cidade, e à porta do seu lugar;
E dirão aos anciãos da cidade: Este nosso filho é rebelde e contumaz, não dá ouvidos à nossa voz; é um comilão e um beberrão.
Então todos os homens da sua cidade o apedrejarão, até que morra; e tirarás o mal do meio de ti, e todo o Israel ouvirá e temerá. Deuteronômio 23. 18 – 21
 
Hoje sabemos que não é na vida que Deus cobra, mas sim no espírito, embora muitos têm sérias conseqüências ainda na matéria por ser desobediente aos pais.
Os pecados que trazia morte na matéria como os apedrejamentos, hoje essa morte é no espírito. Isso significa que o nome é retirado do livro da vida e vai ficar nas trevas escuras e vai ser lançado no fogo do abismo quando deixar da vida da matéria. Esta é a condenação mencionada nas escrituras.
Quantos filhos têm deixado os conselhos dos pais para seguir os conselhos dos amigos que são das trevas e muitos vão para o mundo das drogas, das bebedeiras e de tantos caminhos que os pais ensinam para não ir.
Nunca se enganem. Os pais devem cumprir a missão de educar, de corrigir como manda as escrituras e os filhos devem cumprir sua obrigação de obedecer a vida inteira, independente da idade que tiver.
Nos dias de hoje é comum ouvirmos: “Ela ou ele já tem 20 anos, já sabe o que quer e deve seguir seu caminho”. Não foi isso que Deus pediu. Deus pediu para os pais ensinar os filhos para quando crescer não se desviar dele. Logo os filhos devem aprender na infância, na adolescência, na juventude e obedecer a vida inteira.
Temos os exemplos dos patriarcas em que os filhos tinham sua sujeição enquanto o pai estava vivo, depois da morte do pai o filho primogênito, (filho primeiro, mais velho) recebia as bênçãos do pai e continuava na família a administração do pai. Esse é o ensino de Deus para seu povo que quer ser fiel. E a Bíblia Sagrada manda ser fiel até a morte para receber a coroa da vida eterna.

Publicações