Foto da noticia

A Palavra de Deus

22 de Junho de 2016
vferreiracps@gmail.com
Valdenir Alves Ferreira


sadoutrina.org - Bibiloteca Digital - Trabalhos

A Palavra é a expressão falada ou escrita, e a nossa expressão transmite às outras pessoas as nossas ideias, sentimentos e assim por diante. No caso da Palavra de Deus, temos uma expressão que vai muito além da nossa e isso é o que proponho analisarmos nesse trabalho.
 
É evidente que a Bíblia Sagrada inteira é a Palavra de Deus, mas o meu objetivo é discorrer sobre poucas passagens onde a própria Bíblia Sagrada enaltece a ação e o poder da Palavra de Deus.
 
O Dicionário Priberam apresenta a seguinte definição sobre “Palavra”.

1. Unidade linguística com um significado, que pertence a uma classe gramatical, e corresponde na fala a um som ou conjunto de sons e na escrita a um sinal ou conjunto de sinais gráficos. (Termo, Vocábulo)

2. Mensagem oral ou escrita (ex.: tenho que lhe dar uma palavra).

Deus fez o mundo com a sua Palavra. Ele não usou as mãos para fazer, mas apenas disse: Haja.  Essa ação da Palavra de Deus na criação já é suficiente para vermos o Seu poder, mas pretendo reunir alguns trechos bíblicos para ilustrar um pouco mais.

Após ter provado da Palavra de Deus, o salmista se referiu à ela como uma condição de esclarecimento em meio às trevas:


Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho. Salmos 119:105

Falando do Rei Davi, o provável escritor deste verso (os Salmos tem autores diversos), vemos que ele alternou períodos de retidão e também de desobediência ao longo sua vida. Viveu na luz, mas também viveu em trevas, logo, ele pôde compreender como ninguém o esclarecimento proporcionado pela Palavra de Deus.

Sentiu na pele o que é alternar por um caminho iluminado, sem buracos, e depois trilhar na escuridão onde não se sabe o que pisa. A luz é o resultado da lâmpada acesa capaz de afugentar a escuridão das trevas.

Geralmente nós conhecemos o sol, a lua e as estrelas como fontes naturais de luz conforme está descrito na criação. A lâmpada é uma fonte de luz artificial inventada pelo homem para vencer a escuridão, pois este entendeu que corria perigo ao andar de noite.

Vivemos em mundo de bastante escuridão e trevas e veremos adiante que a Palavra de Deus é capaz de proporcionar segurança em nossa caminhada.


II Samuel 22:31- Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a Palavra do Senhor é comprovadamente genuína. Ele é escudo para todos os que nele se refugiam.

Samuel, filho de Ana foi criado no templo e é outra pessoa capaz de nos assegurar a eficácia da Palavra de Deus. Ser genuína é ser pura, sem contradição, sem defeitos.

A palavra dos homens pode apresentar falhas, não ser cumpridas por inúmeros motivos, não ser levada a sério por suas próprias imperfeições, mas isso não ocorre com a Palavra de Deus. Os homens precisam de fiadores para fazer negócios, provando assim que precisam de garantias externas, ou seja, que outros assumam o cumprimento de suas responsabilidades caso falhem.

Mas a Palavra de Deus é garantida por seu próprio poder. Ela tem força de lei e também pode garantir a si própria.

Isso vemos confirmado na expressão de outro grande Profeta de Deus, Isaias 55:11- Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

Adentrando no Novo Testamento veremos algumas passagens que nos mostrará a visão de Jesus, dos Apóstolos e Discípulos sobre a Palavra de Deus.

 
Mateus 4:4- Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.

Quando Jesus foi tentado pelo diabo, Ele estava fisicamente fragilizado, afinal jejuar 40 dias é algo muito difícil. Jejuar significa suspender a ingestão de alimentos e isso faz o corpo físico passar carência de proteínas, vitaminas e outros nutrientes necessários para a manutenção de vida.

A proposta do diabo foi que Jesus transformasse pedras em pão para suprir suas necessidades. Com Jesus e conosco, o diabo tenta achar o ponto fraco, mas Jesus lhe responde que não precisamos apenas de pão material, mas que viveremos pela Palavra que sai da boca de Deus.

A Palavra de Deus é capaz de nos fortalecer inclusive fisicamente. Espiritualmente a Palavra de Deus é suficiente para nos levar a uma condição de bem estar, de fé inabalável de forma que poderemos resistir as investidas do inimigo. Sem a sensação vitoriosa da Palavra de Deus somos frágeis, mas com ela somos mais do que vencedores por aquele nos amou - Romanos 8:37.

 
Lucas 8:21- Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a praticam.

Todos nós damos muita importância aos nossos familiares e isto é justo inclusive aos olhos de Deus, mas viver em obediência a Palavra de Deus é tão importante que Jesus elevou a condição de seus familiares aqueles alcançam essa obediência.

Ele não desprezou sua mãe e seus irmãos carnais, afinal Jesus conhece a importância da família, mas Ele permitiu que nós também tivéssemos esse privilégio. Sabermos que somos parentes de Jesus é maravilhoso.

Quando temos um parente influente na sociedade e estamos em dificuldade, logo recorremos à ele em busca de sua ajuda. No caso de Jesus, Ele é sempre pronto em nos ajudar, mas para isso precisamos estar em conformidade para com a Palavra de Deus.

Após a morte e ressurreição de Jesus, os Apóstolos e Discípulos passaram grandes dificuldades para continuarem a divulgar a mensagem do reino, mas eles não se entregaram.

 
Atos 4:18- E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem, no nome de Jesus.

Atos 4:31- Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a Palavra de Deus.


No exemplo anterior, os seguidores de Jesus haviam sido proibidos de pregar a ressurreição e os demais ensinos, mas oraram com tanta fé que a terra tremeu. Esse pequeno terremoto foi uma resposta de Jesus para eles continuarem pregando a Palavra de Deus sem desanimar.

 
Atos 6:7- Assim, a palavra de Deus se espalhava. Crescia rapidamente o número de discípulos em Jerusalém; também um grande número de sacerdotes obedecia à fé.

Atos 11:1- Os apóstolos e os irmãos de toda a Judeia ouviram falar que os gentios também haviam recebido a palavra de Deus.

Atos 12:24- Entretanto, a palavra de Deus continuava a crescer e a espalhar-se.

Nas 3 passagens anteriores vimos que a Palavra de Deus se espalhou pela terra.

A seguir veremos as virtudes da Palavra de Deus descritas pelo Apóstolo Paulo:

 
II Timóteo 3:16 e 17- Toda a Escritura (Palavra) é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.

Ela é capaz de ensinar e instruir. Quando aprendemos algo, significa que houve um acréscimo em nosso saber religioso, cultural e assim por diante. Atingimos um conhecimento que até então estava fora do nosso alcance. Precisamos ter humildade para aprender cada dia mais.

Ela nos repreende e corrige. Geralmente não gostamos de ser repreendidos e nem corrigidos, mas existe um ganho espetacular se aceitarmos a repreensão/correção. Jesus diz em Apocalipse 3:19- que repreende e corrige aqueles a quem ama.

Ela nos prepara para as boas obras. Os homens espirituais que dão reverencia à Palavra de Deus são naturalmente caridosos, honestos, responsáveis e corretos. A Palavra de Deus lhes direciona e prepara para isto.


Efésios 6:17- Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.

Os confrontos com o inimigo são inevitáveis, pois ele está no mundo e tem grande ira. Para enfrentá-lo precisamos de armas espirituais. Paulo nos apresenta a Palavra de Deus como a espada do Espírito. Ela faz tremer e afugentar o inimigo.

Não podemos lutar contra a carne e o sangue dos nossos inimigos, mas apenas com a Palavra de Deus é possível sermos vencedores. Repreendendo os espíritos maus para o fogo e dando conselhos pacíficos aos homens. Essas duas ações são suficientes para nos dar a vitória.


Colossenses 3:16- Habite ricamente em vocês a Palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seu coração.

Além de viver os ensinamentos doutrinários devemos cantar salmos, cânticos e hinos espirituais agradecendo a Deus pelas bênçãos que Ele nos tem dado. Se temos alimentos, moradia, saúde, Paz e tantas outras riquezas, precisamos reconhecer que elas não são apenas fruto de nossa força ou inteligência, mas que Deus no-las concedeu através de sua misericórdia.

Deus gosta das pessoas que são agradecidas. Precisamos agradecer mais e pedir menos.

 
II Timóteo 2:15- Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade.

Precisamos estar aprovados na presença de Deus. É muito triste se tivermos vergonha na sua presença. As pessoas que sentem vergonha é porque suas obras denunciam condutas erradas.

As pessoas de fora geralmente estão nos monitorando para ver se encontram alguma falha. Por isso é válido todo nosso esforço e dedicação para não sermos apanhados em atos falhos para com a Palavra de Deus.

 
Hebreus 4:12- Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e as intenções do coração.

Viva e eficaz. Tudo que é vivo é dinâmico, é ardente, é aceso, é capaz de causar em nós uma despertação. Tudo que é eficaz resolve nossas dificuldades.

Uma espada afiada e penetrante gera temor nos inimigos. Nos dias atuais existem várias armas de guerra que causam temor nos inimigos, mas nos tempos em a Bíblia Sagrada foi escrita, a espada era a mais poderosa, a mais temida, por isso a Palavra de Deus foi comparada a ela. Nada pode resistir a Palavra de Deus.

A seguir veremos que, por amor à Palavra a Deus, podem vir algumas provas.

 
Apocalipse 1:9- Eu, João, irmão e companheiro de vocês no sofrimento, no Reino e na perseverança em Jesus, estava na ilha de Patmos por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus.

João Evangelista foi exilado em uma ilha cheia de feras e animais peçonhentos. Certamente os homens carnais de sua época tentaram impor a ele o silencio através do exílio. Ele desobedeceu tais homens preferindo obedecer a Palavra de Deus.

Naquele exílio, o Espírito Santo esteve com ele e ainda lhe concedeu uma maravilhosa revelação. O último livro da Bíblia Sagrada foi concedido à ele, ou seja, mesmo nas provas que recebemos, existe a graça de Deus nos auxiliando e certamente Deus nos dará somente aquelas provas que podemos suportar.

A tentação não vem de Deus, mas de nossas próprias concupiscências e desejos (Tiago 1:13) e mesmo assim Deus nos dá o escape e não nos deixa ser tentados acima do que podemos (I Coríntios 10:13). Se Ele dá o escape até na tentação que está em nós, quanto mais na prova que vem Dele.

Este foi o livramento experimentado por João e que muitos irmãos contemporâneos já experimentaram também. Ao fim da prova, receber a vitória. Ser provado por causa da Palavra de Deus é um privilégio embora no momento pareça o contrário. Por isso não podemos desanimar.

Para encerrar este pequeno trabalho eu separei as últimas promessas da Bíblia Sagrada em Apocalipse 22:12 ao 21:


12- Eis que cedo venho,e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.

A vinda está próxima. Esta é uma verdade absoluta e dela não podemos ser ignorantes. Precisamos nos apegar fortemente à Palavra de Deus.

13- Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro.

Não tem como nós evitar o encontro com Jesus. Ele esteve com Deus desde a criação e estará no fim de todas as coisas. Nosso encontro com Ele é iminente. Ele é a própria Palavra de Deus. Basta vermos a confirmação a seguir.
I João 5:7- Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.


14- Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas.

Existe uma grande oportunidade a ser aproveitada pelos homens. Se lavarem no sangue remissor de Jesus. Os convertidos já fizeram isso no ato do batismo e precisam manter-se limpos até o fim.

15- Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

Os infiéis vão ficar de fora. O arrependimento das obras mortas deve ser feito nesta vida. Nem todos alcançarão arrependimento na vida futura e aqueles que alcançarem será através de uma purificação dolorosa. O tempo aceitável da salvação oportuna é nesta vida.

16- Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a resplandecente Estrela da manhã.

Jesus é tão amoroso que enviou o seu anjo, não somente na revelação à João (Apocalipse), mas para revelar a Bíblia Sagrada inteira. Atualmente no mundo dos negócios, a legislação proíbe a informação privilegiada, mas no tocante a salvação, a informação privilegiada chegou até nós e isto por concessão divina, logo não é ilegal. Precisamos aproveitá-la.

17- E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida.

Jesus havia dito no evangelho de Mateus 5:6- Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos, e aqui Ele oferece a água da vida gratuitamente. E quem dela bebe nunca mais voltará a ter sede conforme Ele prometeu à mulher samaritana (João 4:1 ao 30).

18- Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;

19- e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida e da Cidade Santa, que estão escritas neste livro.

A palavra de Deus é completa e avalizada por si mesma. Não pode e não precisa ser diminuída e nem acrescentada, apenas enaltecida. O nosso papel é segui-la com perseverança confiando na sua promessa da vida eterna que está unicamente em Jesus, nosso Salvador e Senhor.

20- Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus!

Oramos e trabalhamos para que nossa reunião seja agradável e em glória. Brevemente estaremos com Ele.

21- A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém!

Paz de Deus seja com todos os que amam à Jesus (A Palavra de Deus) em sinceridade. Amém.

Idealizado em 01/08/2015
Redigido em 15/08/2015
Publicado em 22/06/2016
Atualizado em ( 11-Jul-2016 )

Publicações