Foto da noticia

A História da Reunião das Moças

02 de Agosto de 2016



Escrito por Reunião das Moças - Min. Jd. S. Cristóvão   
30-Mar-2008
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
 

Elaborado por Shirley Cunha, Eliana Lucas, Júlia, Franciely Ananias, Sílvia Cunha e Sandra Leal Ferreira

Nota:- Este trabalho está na forma original de sua apresentação feita em 2007.

Um dia, em algum momento de nossas vidas, certamente ouvimos de alguém algo do tipo:

 “a semente boa plantada em terra fértil, regada todos os dias,  florescerá e dará frutos”.
É com muito prazer, alegria e enorme satisfação, que hoje estamos aqui para falar sobre um assunto, que o temos como sendo a menina de nossos olhos, assunto pelo qual temos profunda afeição e zelo, não somente pelas inúmeras recompensas que nos dá, mas em especial pelo que significa na vida de cada uma de nós em cada momento de nossas vidas.
Com imenso carinho, convidamos todos aqui presentes para conhecer melhor este “Projeto de Deus”.
Sejam bem vindos A HISTÓRIA DA REUNIÃO DAS MOÇAS DO JD SÃO CRISTÓVÃO – CAMPINAS - SP, da qual a partir de agora, você também fará parte!
Sabemos que alguns de vocês já conhecem nosso trabalho, mas também sabemos que para muitos isso ainda é novidade e, quando falamos o nome então? REUNIÃO DAS MOÇAS? Torna-se ainda mais estranho para alguns, mas não se preocupem, daqui a pouco, boa parte dessas dúvidas serão esclarecidas e esperamos que aquilo que era desconhecido fique marcado em sua memória.
Iniciamos com um questionamento para todas nós, moças e mulheres.
Quantas se sentem seguras para falar sobre a bíblia, esclarecer pontos sobre sua doutrina para com amigas, filhos e até mesmo familiares?
Neste questionamento está o principal motivo de nossa existência.
A nossa história começou em Campinas, há 25 anos, com um pequeno grupo de moças, que também tinha dificuldades insegurança, falta de conhecimento para falar sobre a bíblia e sua doutrina, timidez para se manifestar publicamente. Enfim, foi esta vontade de aprender e de conhecer mais a palavra de Deus que possibilitou o início do nosso projeto.
Ao final de nossa história, vocês verão que a vontade de aprender é o motivo principal de nossa existência, porém muitos outros fatores fazem deste trabalho, algo importante na nossa vida, enquanto mulheres da Sã Doutrina.
Em 14 de março de 1982, o grupo que iniciou a reunião não era tão grande como hoje; éramos pouco mais de 5 moças - todas solteiras e daí originou-se o nome REUNIÃO DAS MOÇAS.. Decidimos nos reunir por algumas horas, inicialmente aos domingos, para estudar juntas o evangelho, compartilhando dúvidas, receios e conhecimentos.
No começo, a REUNIÃO DAS MOÇAS era basicamente uma escolinha bíblica, com palavras simples, de comum compreensão para todas; juntas trocávamos várias opiniões até chegarmos a um entendimento. Quando juntas não conseguíamos obter um entendimento sobre determinado assunto, procurávamos a ajuda dos irmãos, sobretudo, dos preciosos conselhos do nosso saudoso irmão JOAQUIM NÉRIS PEREIRA, apascentador e presidente da Reunião de Jovens da época, e que sempre nos apoiou em todos os momentos.
Não demorou muito tempo, os resultados começaram a aparecer,:
As jovens já conseguiam falar sobre sua doutrina com as amigas;
Já conseguiam ler e entender alguns pontos bíblicos e o que é melhor, passar este entendimento adiante;
Mais tarde veio a participação de nossos irmãos, que nos acompanham até hoje;
As moças da época se sentiam mais seguras para falar em público e participarem mais ativamente dos trabalhos espirituais;
Mais tarde, essas mesmas jovens, agora mães de família, puderam ensinar a doutrina aos seus filhos.
Novas moças começaram a ingressar neste grupo, que foi crescendo a cada dia.
Desde o início a REUNIÃO DAS MOÇAS teve características diferentes das demais. Um ponto de destaque é que os encontros são realizados nos lares. Isso facilita a visita a enfermos, viúvas, pessoas descrentes, necessitados, muitos impossibilitados de se dirigirem a casa de oração e que precisam ouvir uma palavra de conforto. Além disso, nos possibilita realizar um encontro mais aconchegante e visitar as irmãs que desejarem comemorar conosco uma data especial.
Embora tenhamos a participação de nossos irmãos, homens, a nossa reunião é administrada e presidida pelas irmãs, que compreendem melhor as dificuldades e limitações femininas e, em alguns casos, estão mais bem preparadas para lidar com assuntos peculiares de nossas irmãs.
Hoje nos reunimos aos sábados, em tardes inesquecíveis, nas quais, além do aprendizado e conhecimento, fortalecemos cada vez mais nossa união, inclusive ao redor da mesa, pois todas as reuniões são encerradas com confraternizações fartas, cafés, bolos maravilhosos e até jantares deliciosos.
Imaginem vocês, o quanto isso é maravilhoso! Recompensador! E quando temos uma alegria, por que não compartilharmos?
O pequeno grupo, que começou com cerca de 05 moças, hoje tem mais de 80 participantes! As jovens do passado se casaram, e hoje participam da reunião com seus filhos e esposos. A REUNIÃO DAS MOÇAS é também um local de integração familiar. Todos podem participar: pais, filhos, avós, jovens e crianças de todas as idades.
Começando pelas nossas crianças, notamos quão importante é que estejam com os pais na reunião, pois há espaço para elas aprenderem ensinamentos bíblicos e participarem. Desta forma, elas irão interagir com o meio religioso desde cedo.
As jovens têm um papel importantíssimo na reunião. Além de serem nosso coração, onde concentramos toda nossa energia e atenção. Por isto, procuramos discutir diversos assuntos de interesse delas, desde amizade até namoro e casamento. As jovens passam por muitos momentos de dúvidas, por isto a direção da REUNIÃO DAS MOÇAS está sempre disposta a ajudá-las. Além disso, a reunião incentiva o relacionamento interpessoal, contribuindo para que se distanciem do isolamento.
As moças participam ativamente das reuniões, em apresentações de temas religiosos e estudos bíblicos. Entretanto, para as moças que são tímidas e preferem não se manifestar diante de todos os membros da Reunião, são realizadas, algumas vezes por ano, reuniões só com as solteiras. Desta forma pode ocorrer um encontro mais informal, em que todas têm liberdade para falar sobre assuntos convenientes às cristãs.
 Graças à Reunião, muitas mulheres tiveram seu espaço para falar sobre a palavra de Deus e conhecer mais a Sagrada Escritura. Através de reuniões só com mulheres, são tratados diversos temas, tais como: comportamento da mulher cristã, casamento e importância da mulher na educação dos filhos.
As idosas são recebidas com muito carinho e desempenham um papel especial na Reunião. Elas são as nossas conselheiras, pois têm uma vasta experiência e muitos conhecimentos para nos transmitir. As viúvas são bem recebidas e às vezes dedicamos algumas reuniões para elas.
 Após a partida do nosso querido apascentador, JOAQUIM NÉRIS PEREIRA, Deus nos deus um sucessor, iluminou e abençoou um grande homem, amigo, apoiador e que tem estado conosco em cada momento da nossa luta. Nosso muito obrigado a JOEL VIEIRA LOPES, apascentador do MINISTÉRIO DO JARDIM SÃO CRISTÓVÃO e a sua equipe, nossos também inigualáveis apoiadores: BENJAMIM VIEIRA LOPES e JOSUÉ ALVES FERREIRA. Deus os abençoe grandemente pelo apoio, pelo respaldo constante, pela presença marcante em nossas conquistas e pela sua total dedicação aos nossos chamados de socorro.
Joel Vieira
O trabalho da REUNIÃO DAS MOÇAS é muito importante para a apascentação. Na minha visão, todo apascentador deveria gostar muito de ter uma REUNIÃO DAS MOÇAS. Eu queria que muitas congregações tivessem este trabalho. Eu acho de grande valia na Reunião os trabalhos que fazem para tentar resgatar jovens que se distanciam da doutrina. Na verdade este trabalho tem um balanço positivo, pois trouxe de volta para a doutrina várias pessoas que estavam saindo da religião. Percebo também que as Senhoras mais velhas têm um grande amor pelo trabalho que tem sido feito, pela proximidade que a reunião busca ter com as idosas. A REUNIÃO DAS MOÇAS preenche um espaço que a apascentação sozinha, não consegue alcançar, quando visita enfermos, idosos e promove a integração das famílias. A apascentação procura inserir a REUNIÃO DAS MOÇAS, assim como as demais reuniões, nos assuntos da igreja. As diretorias das reuniões, juntamente com a apascentação, buscam os caminhos e soluções para os problemas e questões que envolvem nossa comunidade.”
Esta é a nossa história. Como uma sementinha que cai em terra fértil e cresce cheia de vigor... Como uma criança que se desenvolve a cada dia, passo a passo... Assim surgiu a REUNIÃO DAS MOÇAS. Tímida, pequenina. Mas aos poucos foi crescendo e mostrando seus frutos. Recebemos críticas, mas os benefícios que vieram foram bem maiores e nos deram força para continuar. Ainda temos muito que aprender, o trabalho continua, não para engrandecimento da carne, mas para honra e glória de nosso Senhor. Paz seja com todos.
FIM
“Trabalho elaborado pela diretoria da RDM em conjunto com toda a diretoria coletiva”
 

Atualizado em ( 14-Dec-2010 )
 

Publicações