A Estrutura da Sã Doutrina

02 de Agosto de 2016



Escrito por Luiz Garcia e Moisés Pacheco   
10-Mar-2008
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
                                                                   
Para nós estarmos estruturados na Sã Doutrina, dependemos de  avanços tais como foi a implantação da Reunião de Jovens na Sã Doutrina. Pois, que estrutura vai ter se, por ventura, existir as coisas ruins na nossa comunidade. Com certeza estaremos mais bem estruturados quando absorvemos os frutos do espírito. Exemplo: paz, caridade, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança. 
Quando valorizamos muito o trabalho da Reunião de Jovens, muitos poderão imaginar: Por que valorizam mais o trabalho da Reunião de Jovens do que o trabalho da pregação de Sábados meio dia? Será que nós realmente valorizamos pouco as pregações realizadas ao sábado meio dia? Afirmamos que elas são muito valorizadas.

A pregação aos sábados é muito importante, inclusive no passado as escrituras eram lidas de sete em sete dias nas sinagogas. Nos dias em que estamos não é diferentes; percebemos as grandes mudanças pelas quais nossa sociedade tem passado, mudanças de décadas para décadas. Na realidade o que queremos é afirmar que a pregação de sábado meio dia propõe o ensino correto da Sã Doutrina entretanto sem que haja abertura para análise geral e que dentro das reuniões de crianças, jovens, moças e mulheres propõem-se a análise através dos membros.
Alguém poderá perguntar: As expectativas não são atingidas da mesma forma? Ocorre que dentro das reuniões, quando algo não atinge as expectativas, as pessoas têm a plena liberdade de interromper, dirigir perguntas e esclarecer dúvidas. Enquanto que nas pregações a pessoa só tem a oportunidade de ouvir e não pode interromper para fazer perguntas e esclarecer dúvidas. 
 
Analisando, não encontramos outro meio de complementar os conhecimentos, se não pelo trabalho desenvolvido nas reuniões.A  base já tem, que  são os Dez Mandamentos, para suportar o peso desta obra e a força dos ventos fortes e as tempestades que o mundo lança contra nossa juventude, portanto é necessário estarmos edificados nesta base. A nossa juventude está exposta todos os dias no seu trabalho, na rua, na escola no período do ensino médio e na faculdade.  A ciência tem avançado muito e junto, algumas filosofias que são contrárias à criação divina.

Será que temos estrutura suficiente para vencermos as grandes dificuldades que já existem e as que estão ainda por vir?

Será que estamos preparados para defender as nossas crianças e nossos jovens? Será que já conseguimos tudo?   Será que já atingimos a estatura completa?  

Devido ao crescimento da ciência e a multiplicação da iniqüidade, se faz necessário trabalhos de conscientização, cada vez, mais profundo em todos os aspectos. Visto que, desejamos que a Sã Doutrina tenha continuidade e possa permanecer em evidência. Estamos certos que muitas coisas já conseguimos, porém, pesquisando, concluímos que falta uma preparação melhor em nossa comunidade, tanto em nível de liderança quanto em nível de membros. O que já conseguimos?  Muitas coisas.

Exemplo: Implantação das reuniões de jovens, de crianças, de moças e mulheres, obras de caridade fraternal como as unidades do Lar Beneficente para o amparo das pessoas e a Organização da Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia. 

O que é preciso ainda ?

É preciso um investimento constante em nossas crianças, em nossos jovens. É preciso que sempre haja congressos de lideranças para estes trabalharem em conjunto para um melhor preparo dos jovens e do crescimento da Sã Doutrina.

É preciso examinar as escrituras para se ter um melhor crescimento espiritual. É preciso que cada um de nós não sejamos individuais, mas sim, verdadeiros e honestos para que possamos desenvolver ações, que venham a gerar uma melhor qualidade de vida para os membros da Sã Doutrina. É preciso conscientizar as pessoas em adquirir cultura de valorização dos trabalhos desenvolvidos dentro da Sã Doutrina para que o mesmo possa reconhecer o valor real de seu próximo.

É preciso aproximar mais de nossos jovens, ser amigo, estar entre eles, para conhecer melhor suas dificuldades e suas qualidades.  

No campo social é preciso se criar mais ações que estimulem nossos membros em áreas ainda não exploradas. É preciso projetar o futuro. É preciso pensar na possibilidade de gerirmos creches e escolas para nossos filhos, cooperativas de trabalhos onde nossos irmãos possam trabalhar com a garantia de não serem importunados por causa da guarda do sábado. As cooperativas de consumo, as associações, enfim o coletivo. Tudo isto é possível se nos unirmos, se não formos separados por nosso próprio egoísmo. Nosso maior exemplo são as igrejas e os Lares Beneficentes. 

Notamos que estamos no caminho, mas é preciso avançar. Mas é necessário que façamos correção no que falta e para que isto aconteça precisamos de pessoas realmente interessadas em trabalhar estes assuntos, mas, para isto é bom que cada um respeite os limites estabelecidos por Deus.
 
Atualizado em ( 18-Feb-2014 )
 

Publicações