Foto da noticia

Natalino de Souza Breves. Sã Doutrina e Internet

18 de Julho de 2016



Natalino de Souza Breves. Sã Doutrina e Internet

Escrito por Bruna Ferreira e Giovana Lopes   
11-Nov-2011
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Entrevistas
 
  - natalinobreves@gmail.com
 
Nosso entrevistado desta vez é o Natalino de Souza Breves, 46. Morador da cidade de Juara – MT, o irmão é membro da Congregação do Parque Alvorada – Chácara Bom Sucesso.

Site: Exerce algum cargo de liderança na congregação? Se sim, qual?

Natalino: Não exerço nenhuma liderança na congregação. Minha função é preparar e dirigir o Estudo Bíblico em Juara. Também sempre estou à disposição do serviço de leituras nos sábados ao meio dia, e o faço sempre que me é oportunizado.
Site: Há quanto tempo pertence à Sã Doutrina? Como a Sã Doutrina surgiu em sua vida?

Natalino: Pertenço à Sã Doutrina há 32 anos. No dia 14 de abril 1979 fui batizado na Sã Doutrina aos 14 anos de idade, em companhia de meus pais e de mais e seis irmãos. Juntos observamos a doutrina por dois anos até decidirmos pelo batismo que foi para nós um dia de muita alegria. Acredito muito que estamos preparados desde o dia do batismo pra seguir a Sã Doutrina até o fim.
O surgimento da Sã Doutrina em minha vida e de minha família foi conduzido por Deus por muitos anos até chegar o dia de recebermos o selo. Considero que Deus nos queria na sua Doutrina, pois quando ainda criança meus pais moravam perto de uma congregação da Sã Doutrina, que era apascentada por um irmão chamado Pedro Pires e sua esposa Miliana, no estado do Paraná, em um lugar chamado São Roque no município de Mamborê, próximo da cidade de Juranda. 

Pedro Pires e sua família eram pessoas muito boas que até hoje nos deixa saudades e foi o marco da nossa conversão, tanto que quando nos referíamos à Sã Doutrina dizíamos “a religião do Pedro Pires”. Quando eu e meus irmãos éramos pequenos, minha mãe nos levava para receber oração, mas meu pai nunca quis ir assistir um culto, tinha medo; ele só gostava de ficar próximo da casa escutando os filhos do Pedro Pires cantarem os hinos. A partir desta época, essa família mudou para a cidade de Nova Aurora e não a vimos mais. 

No ano de 1975, nos mudamos para Mato Grosso, município de Porto dos Gaúchos, e passamos por muitas tribulações, de forma que meu pai procurava serviço para formar café nas regiões de Novo Horizonte, mas quando vinha pra confirmar o serviço o proprietário não queria mais. Até que um amigo dele disse que tinha um proprietário que tinha serviço, mas como era crente não gostaria de levar meu pai lá. Por falta de opção ele levou meu pai na residência do irmão Theodolino Alves, conhecido por Duca, e deu certo o serviço de forma de café. 

Foi assim que nos aproximamos da Sã Doutrina. Quando chegamos de mudança à noite eles estavam terminando o culto, minha mãe ouviu os hinos e reconheceu que era a mesma religião do Pedro Pires. O irmão Duca dois anos mais tarde realizou nosso batismo em sua casa. Deus nos trouxe para seu caminho, conduzindo como se conduz um boi preso por uma formiga, pois passamos todas as dificuldades para que chegássemos à congregação da Sã Doutrina.
Site: Como é a participação dos jovens na sua cidade?

Natalino: Uma parte dos jovens é muito animada e influente, outros não muito, mas estão sempre participando de reuniões, cultos e trabalhos espirituais. Alguns até gostam de auxiliar nas organizações. Não temos jovens com dons como o de receber hinos ou profecia, mas todos presidem trabalhos, participam das cantorias e alguns até participam das leituras nos sábados ao meio dia.
Site: O que você pensa sobre a Internet como instrumento de informação, aprendizado da palavra de Deus e união da irmandade?

Natalino: Eu considero que a internet é uma coisa muito boa que está diante de nós. Como instrumento de informação tem possibilitado que as notícias e acontecimentos cheguem até a irmandade que está distante, além de informações sobre os eventos realizados e de onde está o povo da Sã Doutrina dentro do país. Contamos com o trabalho da organização, através da dedicação de muitos irmãos podemos conhecer a história da Sã Doutrina, desde o seu passado até aos dias atuais. Também tem auxiliado muito para a interação entre a irmandade e para o conhecimento, pois começamos a interação com o conhecimento virtual e, posteriormente, o contato pessoal; isto é muito importante. 

Através da Internet o povo da Sã Doutrina nos dias de hoje estão mais próximos porque podem se comunicar em tempo real, mesmo não se conhecendo pessoalmente, interagir, enviar e receber mensagens e notícias, informações, trocar cânticos de hinos, como também solicitar pedidos de oração a favor dos enfermos e necessitados. Então minha opinião é que a Internet é uma ferramenta importante e que ajuda muito, rompendo as distâncias entre nós. Às vezes, até mesmo no trabalho, tiramos um tempo e saudamos alguns irmãos e até papeamos um pouco sobre assuntos da religião.
 
Site: Na sua cidade os irmãos têm acesso ao Site da Sã Doutrina?

Natalino: Sim. Mesmo sendo poucos os que têm o equipamento a sua disposição, quem não o tem costuma acessar no trabalho, em faculdades ou nas residências de outros irmãos.
Site: Deixe sua mensagem para os irmãos leitores.

Nós da Sã Doutrina precisamos estar sempre inteirados para que um possa ajudar o outro, principalmente nas orações. As interações são sempre muito boas, pois é prazeroso conversar com irmãos, adquirir conhecimento e falar sobre as coisas de Deus, e a Internet possibilita isso. É claro que precisamos ser cuidadosos porque o mundo tem seu convite e disponibiliza diante dos olhos algo atraente que pode nos confundir. Ele mostra o que ele tem e quer nos satisfazer com suas dádivas, mas é algo que precisa ser analisado com cuidado, já que pode trazer prejuízos. Então meu conselho é que cada um seja capaz de observar os frutos que o uso da internet pode trazer. Se for algo que não produz um fruto bom deve ser evitado. Precisamos ser sábios ao usar os recursos existentes a nosso favor para não corromper nossa fé. 

Desde o passado Deus tem deixado suas alertações que devem ser observadas e nunca esquecidas, como está escrito em Êxodo 1:10: “Eis, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vindo guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e pelejem contra nós, e subam da terra." É uma alertação importante, porque se não tivermos cuidado,algo que poderia nos ser importante e nos ajudar, se torna um inimigo contra nós mesmos. A recomendação é esta: usar a sabedoria. Diz Eclesiastes 7:12: "Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a excelência do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor."
Ainda temos uma importante alertação deixada pelo apóstolo Paulo em Hebreus 12: 15: "Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem." Para os que obedecem a Deus e neles confiam, em Deuteronômio 28: 1, ele deixou essa promessa: "E SERÁ que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra."
Como o servo de Deus tem o privilegio de ter o auxilio do espírito santo, é hora de analisar e fugir daquilo que é prejudicial à nossa saúde, ao nosso bem estar físico e moral e, principalmente, à nossa fé.
Esta é a mensagem que deixo aos irmãos leitores e aos jovens que se dedicam à fé e querem ver os dias bons. “Porque Quem quer amar a vida, E ver os dias bons, Refreie a sua língua do mal, E os seus lábios não falem engano. Aparte-se do mal, e faça o bem; Busque a paz, e siga-a.” I Pedro 3:10 e 11. A paz do nosso grandioso Deus seja com todos. Amém.

Atualizado em ( 21-Nov-2011 )