Foto da noticia

Nossa Religião

18 de Julho de 2016


Escrito por Ulysses Melges - Agosto 1991   
Publicado em 30-Dec-2015
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Crônicas
Ulysses Melges - 1916-2002
 
O seguidor da nossa religião tem o nome de crente espiritual, porque pela escritura sagrada, crente ou cristão, são todos aqueles que recebem e aceitam a Jesus, que veio para a salvação do homem; sendo que para sua salvação, terá que obedecer aos seus ensinos, em tudo que estiver dentro de suas forças e possibilidades, porque o Senhor não quer sacrifícios do homem, mas quer obediência e inteira fidelidade, porque assim diz na escritura, aquele que obedecer e permanecer até o fim, será salvo. 

Diz a escritura, que Deus é em espírito, e em espírito deveis adorar, portanto, nosso trabalho espiritual, que procuramos fazer todas as noites; é cultivar o evangelho onde estão todos os ensinos de Jesus; de onde podemos aprender tudo o que for preciso para obedecer a Ele; e formar um trabalho espiritual.

Que através dos ensinos; podemos por em prática os ensinamentos, de como comunicamos com o Senhor; em pensamentos por intuição, e através da intuição, usamos as palavras, acreditando nas promessas de Jesus que disse; que, onde estiver duas ou mais pessoas em meu nome, eu estarei entre elas, e no evangelho de Matheus, 10:7, está escrito o que os discípulos deveriam fazer: e indo; pregai dizendo: é chegado o Reino dos Céus: Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios e de graças recebestes, de graça dai.

E assim, sendo discípulos de Jesus, é que procuramos trabalhar em nossos próprios benefícios (e mais: do ser humano, do povo crente e daqueles que pedem), reunindo em seu nome, pondo em prática seus ensinos, usando os dons que Ele nos dá, e a autoridade que nos permite; só que para usar sua autoridade, precisamos antes, tornarmos um discípulo, e para chegar a isto; precisamos adquirir determinados graus de santidade, que começam de zero grau para cima; porque Ele disse: sede santo como eu sou santo, se tiverdes fé como um grão de mostarda, farão as obras que eu faço, ou talvez mais, e fé é obediência; e é por ela é que adquirimos a santidade, por isso devemos procurar adquirir a santidade; sempre melhorando o seu grau, para podermos então usar a autoridade, que Ele nos concede; segundo o nosso grau de santidade. 

Segundo o que está na Escritura, o profeta Elias; foi um dos três homens, que desde a fundação do mundo; tiveram o poder de falar com Deus, não vendo sua face, mas ouvindo sua voz, entretanto, Elias era homem sujeito às mesmas paixões que outro qualquer; e a diferença era apenas o seu grau de santidade, que chegou a este nível (de falar com Deus), e isto não foi privilégio de Elias. Este poder, Deus dá a qualquer um que queira obter.

Nossa religião é espiritual; e não está ligada a igreja nenhuma; e onde estiver um crente, está Jesus, porque Ele disse: onde estiver um ou mais em meu nome, eu estarei entre elas.

Nota 1- Nossa Religião citada no título é equivalente a nossa forma de crer e seguir. Na verdade as religiões definidas pelos dicionários são as grandes crenças universais e nesse caso a nossa religião é o cristianismo. O irmão Ulysses escreveu na forma popular habitualmente aceita por nós.
 
Nota 2- Não estar ligada a nenhuma igreja citado no último parágrafo foi registrado dessa forma devido ao fato de que o irmão Ulysses partiu dessa vida sem saber que os antigos crentes espirituais aumentaram bastante a ponto que foi necessária a construção de templos para abrigar as grandes congregações e com isso houve a constituição jurídica sob a denominação Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia, ou seja, uma Igreja de acordo com a legislação brasileira.

Atualizado em ( 11-Jan-2016 )