Foto da noticia

Diálogo e Limitação na Sã Doutrina

18 de Julho de 2016


Escrito por Dirce Pereira Prado - dircepprado@ig.com.br
06-Jun-2011
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Crônicas
 
Introdução

O presente artigo teve como estudo os trabalhos realizados através de áudios denominados Reflexões da Sã Doutrina. Este artigo objetiva compreender as novas formas que vem sendo transmitido fatos histórico do evangelho sagrado em prol do crescimento do servo crente e espiritual que segue a Sã Doutrina.

Utilizando-me de recursos formais para expressar por escrito este pequeno texto, entendo ser necessário expandir e compartilhar com todos os irmãos os fatos a serem apresentados a seguir:

É de conhecimento dos irmãos que há muito tempo vários irmãos idôneos da Sã Doutrina vêm aperfeiçoando-se quanto aos fatos históricos de nossa Igreja. Esta perfeição não vem do homem carnal, mais sim de Deus, e que através das ordenanças e procedências do servo selado nesta Sã Doutrina, o mesmo recebe do nosso Senhor Jesus Cristo os Dons Espirituais que o leva a resgatar as histórias da escritura sagrada, dentre outras, A Origem da Sã Doutrina.
 
Neste contexto, procurando entender as transformações materiais ocorridas em diversas localidades da Sã Doutrina, bem como as contribuições positivas ou negativas que estas mudanças podem ocasionar deparei com fatos que com certeza são instigadores para muitos irmãos.
 
1 – Aspecto histórico dos recursos materiais utilizados na Sã Doutrina

Com serenidade e veracidade dos fatos vivenciamos neste mundo material uma velocidade constante que requer por parte da nossa sociedade. Também, é certo que o homem espiritual que habita em cada servo selado na Sã Doutrina tem poder para combater as forças carnais. Contudo, é imprescindível recordar que mesmo por um curto tempo em que o irmão habitar na terra, ele tem que viver materialmente segundo a lei dos homens carnais, ou seja, da sociedade.

E com tantas tecnologias avançadas e legislação vigente é preciso que o irmão busque para o seu sustento material, conhecimentos básicos através da educação escolar e até mesmo das tecnologias que o mundo oferece, mas, sem corromper com os princípios da Sã Doutrina. Mediante tais modernidades ocorre também o crescimento geográfico e que por conta da oferta ou escassez de trabalho material, muitos irmãos mudam para lugares distantes uns dos outros, sendo preciso formar novas comunidades ou rebanhos de irmandades.

Então, é possível refletir que muitas vezes se torna difícil à visita de um rebanho ao outro. Diferente dos tempos antigos em que o homem crente (embora com serviços mais pesados) era mais livre nas suas obrigações materiais e podia se ausentar de seu lar, muitas vezes, por vários dias. Hoje no século XXI, com estas e outras necessidades que acerca o servo crente enquanto ser humano, quando se tem recursos práticos como os áudios e textos impressos com explanação da palavra de Deus, estes nos acalentam de paz e asseguram-nos aos preceitos da Sã Doutrina, desde que nestas praticidades seja pregada a íntegra o texto bíblico dentro das normas que regem a Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia.

Podemos refletir sobre os padrões sociais, já citados, que a sociedade estabelece bem como as praticidades do ser humano e ponderar que tem muitos irmãos não alfabetizados que podem fazer uso dos áudios de reflexões da Sã Doutrina para confortar e alimentar-se na fé em Cristo Jesus.  

2- Os cuidados com os novos recursos na Sã Doutrina

Com tantas transformações e modernidades, os irmãos que possibilitam estes recursos tecnológicos em prol da Sã Doutrina, mesmo com todos os seus Dons Espirituais e Conhecimentos arraigados na bíblia sagrada devem atentar-se que os conteúdos desses recursos estarão ou poderão fazer parte de toda a população independente de sua crença, ou seja; de pessoas que seguem, seguiram ou nem conhecem a Sã Doutrina!  Nesta perspectiva, estes irmãos que disponibilizam tais conteúdos precisam sempre cultivar a fé, não se embriagar e ter a humildade de servir ao próximo sem exaltação da carne para não serem confundidos apenas como homens carnais.

Como denominou um dos eventos da Sã Doutrina: Encontro de Líderes“Ser líder é preciso confiar e depender de Deus”. Portanto, depender de Deus não precisa da vaidade intelectual do irmão e sim da simplicidade e da mansidão do espírito!

3- Sã Doutrina: apresentação e integração social

É lícito que todas as instituições religiosas sejam estatutárias de acordo com as normas das leis materiais. Da mesma forma, rege a Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia, antes concentrada naCongregação Matriz de Adamantina e a partir de 2.001, pela Organização da Sã Doutrina, em que ficou responsável pela administração geral através do Ministério Local. Assim, os Ministérios Locais de cada cidade ficaram unificados.

 Com o passar do tempo, conforme legislação vigente alguns irmãos elaboram projetos sociais vinculados aos Ministérios, para consolidar cada vez mais, a amizade entre o povo crente, e nesses, muitos irmãos participam. Mas, como existem tradições diferenciadas na Sã Doutrina, alguns irmãos não participam destes projetos oferecidos, tais como as Reuniões de Jovens, Encontro Nacionais e outros.

 Sendo que dependendo de como o irmão foi selado em Cristo, ou seja, batizado conforme os costumes do seu rebanho este irmão conserva os mandamentos de Deus, e isto deve ser respeitado. Entretanto, é importante relembrar que na sociedade o termo “Religião” possui mais de um sentido, portanto, poderá assumir alguns significados distintos, e sob esta ótica a Sã Doutrina é uma Igreja distinta dentre as muitas existentes na Religião Cristã e deve ser apresentada corretamente, com prudência e honra daquele que a segue em Cristo Jesus.

Também, se faz necessário entender que muitas crianças, jovens e adultos da Sã Doutrinafreqüentam os estabelecimentos de ensinos e lhes são apresentadas outras dominações religiosas e relatados os fatos bíblicos segundo as normas dessas crenças, tornando essencial cada vez mais, os irmãos terem um conhecimento bem alicerçado e estimulador na Sã Doutrina, para permanecer no caminho de Deus e alcançar a salvação eterna!

Considerações finais

Ao apresentarmos algum ponto de vista sobre um assunto, como este artigo, não o evidenciamos como verdades absolutas e definitivas, pois somos passivos de erros e de acertos. Neste pequeno texto contém algumas reflexões e argumentos em relação ao trabalho de alguns irmãos, até então, idôneos naSã Doutrina. Sendo assim, um ponto a ser destacado é força de vontade desses irmãos em servir a Deus diante de vários obstáculos materiais e às vezes, até entre a irmandade.

Também, é notório que nos diversos eventos denominados Encontros entre a irmandade, estes mesmos irmãos despontam suas habilidades materiais, todas elas, com base nos princípios da Sã Doutrina Espiritual do Sétimo Dia.

Outro aspecto importante a ser considerado é que, várias vezes, nos diálogos com estes irmãos sobre inovações quanto aos recursos e eventos materiais em prol da Sã Doutrina foi o desejo em que os irmãos almejam em buscar meios para que todo o povo crente permaneça na Doutrina e que acrescente o rebanho de Deus! Porém, não se deve esquecer que o adversário, ou seja, satanás está sempre pronto e preparado para destruir os servos do Senhor.

Compreendendo que não basta ser selado na Sã Doutrina e fazer as obrigações de freqüentar os cultos, também é preciso se identificar como um Servo de Deus dentro e fora do Ministério de Cristo, na sociedade em que os rodeiam para sermos imitadores de Cristo e cumprirmos com o evangelho sagrado. Portanto, desde que não seja feita à exaltação da carne e com muito zelo, é de bons olhos explanarem a grandeza da Sã Doutrina através dos áudios neste mundo material.    

Atualizado em ( 12-May-2013 )