Foto Ministério

Campinas - Jd Santa Lúcia - SP

Administração atual

Lucas Nogueira Padovam
Daniel Nogueira Padovan
Izaias de Oliveira Padovam
Nelson Francisco da Silva
Ananias Neris Pereira
Samuel Batista de Oliveira 
Ananias Nazario Ferreira

Ministro Apascentador : Lucas Nogueira Padovam
No início da década de 70, mudou para Campinas um irmão conhecido por José Liga, que veio da região da Alta Paulista, tendo residido na cidade de Irapuru; este veio a fixar sua residencia no bairro Jardim Santa Lúcia.

Naquela época, o irmão José Liga ainda tinha boa saúde, e trabalhava em uma empresa ferroviária chamada Fepasa, a antiga Companhia Paulista de Estrada de Ferro.

Passando alguns anos depois, ele teve um problema de saúde muito grave, afetando a coluna vertebral, ficando sem poder andar, obrigado a usar cadeira de rodas, inclusive até hoje se encontra nesta mesma situação. Por esse motivo ele teve o apoio de vários irmãos que o ajudavam a dirigir o culto espiritual, por ele administrado. Sendo eles os irmãos: Lucas Padovam, irmão Tonico dos Santos, irmão Antonio Vital e irmão Nico de Lima.

Como no início eram poucos irmãos, congregavam-se na própria residência do irmão José Liga, mas em pouco tempo o número de irmãos aumentou muito, inclusive aos sábados, no culto das 12:00 horas; não era possível todos se abrigarem dentro da casa; e então uma parte dos irmãos assistiam o culto debaixo de uma parreira de chuchu que havia próximo à casa.            

Os anos se seguiram e no ano de 1979 o irmão Lucas teve um sonho e este foi contado para o irmão Benedito Cardoso, sendo ele um irmão ancião e de muita experiência religiosamente. No sonho, o irmão Lucas enxergou “uma rua da cidade muito comprida, com muitas subidas e descidas e nesta mesma tinha uma carreira de árvore em cada lado. Dentre as árvores existiam árvores bonitas, assim como também existiam muitas árvores feias que ele ia podando-as e elas ficavam bonitas e viçosas”. Então o irmão Benedito Cardoso profetizou que o significado do sonho era para o irmão Lucas ajudar o irmão José Liga na apascentação das ovelhas.

Foi então nesta mesma época em que os irmãos trocaram idéias e se concordaram em fazer um salão de madeirite, coberto com telha de eternite. Com uma pequena colaboração de cada um, compraram o material e fizeram o salão. No passar do tempo, o madeirite começou a apodrecer, e os irmãos se reuniram novamente e construíram um salão de alvenaria. Dali para frente houve uma prosperidade muito grande, onde o Senhor Deus concedeu muitos curativos e maravilhas, onde foram também realizados dezenas e dezenas de batismos e os cultos espirituais eram confortabilíssimos, onde os irmãos trabalhavam com imensa alegria. Ali continha uma caixinha de coleta e o dinheiro arrecadado foi usado para socorrer os irmãos necessitados e muitos dos irmãos tiveram ajuda na hora da grande dificuldade. Também ali foi iniciada uma coleta mensal para ajudar a realizarem serviço funeral para os irmãos que tinham carência de recursos materiais. Foram feitas ajudas parciais e totais aos necessitados. Também foram socorridas pessoas que não eram convertidas.            

estado de saúde do irmão José Liga foi agravando e passou a necessitar de cuidados especiais;  sua esposa e seu filho também eram muito enfermos e ele decidiu vender sua casa e ir morar com um outro filho casado em uma chácara na cidade de Rio Claro.                        

A irmandade ficou dispersa por aproximadamente 20 dias. Alguns irmãos passaram a se preocupar e, trocando diálogos entre si, surgiu uma proposta de se reunirem, se possível com todos os membros ativos da antiga congregação, a qual foi realizada na casa do irmão Rubens e teve a participação da maioria dos membros. E foi aprovada a seguinte pauta:                         

1) Proposta de alugar um salão;                        
2) Proposta de cada irmão contribuir mensalmente para cobrir as despesas como: aluguel, água, luz, limpeza e etc.            

Foram aprovadas as propostas, mas para a aprovação era necessário eleger alguns irmãos para tomar as devidas providências. O irmão Lucas se propôs a tomar frente se houvesse concordância de todos. Como ele já tinha o cargo de apascentador anteriormente, por unanimidade ele foi o eleito como principal responsável. Foi convidado o irmão Sérgio das Neves para exercer as funções da tesouraria.            

Foi locado um salão no mesmo bairro, dando início novamente aos cultos espirituais, tendo agora como principal apascentador o irmão Lucas e vice-apascentador o irmão Paulo Nazario, sendo que meses depois o irmão Paulo entregou o cargo, passando para o irmão Assis.            

Passando-se o tempo, surgiu ali uma proposta de comprar um terreno para construir um próprio salão, para ficarem livres dos aluguéis. O primeiro plano foi da contribuição de R$ 300,00 por cada família em um prazo de 18 meses, sendo somente os pertencentes àquela congregação.            

Os meses foram passando, a arrecadação não era satisfatória, no qual foi decidido solicitar a colaboração de todos os irmãos de Campinas.            

Com um grande apoio de todas as igrejas vizinhas e circunvizinhas foi comprado um terreno no próprio bairro. Entre esse meio tempo, foi locado outro salão próximo por motivo do aluguel ser mais barato.            

Começou, então, a luta para a construção do prédio e cuidar também de toda documentação exigida pela lei.            

Nessa nova etapa foi criado um Corpo Administrativo para direcionar os trabalhos da nova igreja. De acordo com toda a irmandade presente, foram escolhidos os seguintes membros:
- Apascentador: irmão Lucas Nogueira Padovam;
- 1° Secretário: irmão Sérgio das Neves;
- 2° Secretário: irmão Francisco de Assis.            

O grupo de Conselho foi composto por nove membros, sendo eles:    
- Daniel Padovam    
- José Neves Leal    
- Nelson Silva    
- Tito de Oliveira Leal     
- Silvio de Lana    
- José de Deus     
- Moisés Pacheco     
- Paulo Nazario    
- Mateus Fagundes 

A tão esperada igreja foi construída e, no dia 09 de julho de 1999, com imensa alegria nos corações dos irmãos, foi feita sua inauguração. Recebemos irmãos de vários lugares, e sua abertura foi aplaudida com várias apresentações de Reuniões de Jovens.

Houve as seguintes apresentações:

Reunião                                                           Tema
Jardim Santa Lúcia _________________________ A Família
Jardim Campos Elíseos _____________________ A Bíblia Sagrada
Jardim São Cristóvão _______________________Louvor a Deus
Parque Universitário ________________________Honra dos filhos para com os pais
Louveira _________________________________ Vida e o seu comportamento 
Sumaré __________________________________Cultura Evangélica 

Sendo no primeiro sábado após sua inauguração realizado um grande batismo, no qual se batizaram 17 pessoas entre crianças e adultos. 

O contentamento dos irmãos era contagiante por terem vencido uma etapa importantíssima. Se alegravam e louvavam o nome de Deus por esta maravilha tão grandiosa ter acontecido.

ELABORADO POR: JOSÉ NEVES LEAL (ZICO), LUCAS PADOVAM E TITO DE OLIVEIRA LEAL.
CAMPINAS, 13 DE JULHO DE 2002. 

Faça contato conosco

Visite-nos em Campinas - São Paulo

Rua Madre Eduarda Shafers, 08, Jd. Santa Lucia
Campinas
São Paulo
Brasil
13060-618


Localização - Exibir mapa ampliado