Retrospectiva Org 2020

sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Vídeos

Chegamos ao encerramento de mais um ano, é o encerramento de mais um ciclo para o início de outro, e, apesar de muito se ouvir que é um ano para ser esquecido, é preciso refletir no aprendizado que este ano nos trouxe, e nos pensamentos despertados através de profecias e alertações bíblicas acerca dos acontecimentos recentes, pois, em momentos difíceis, grande é o aprendizado e progressão em sabedoria e experiência espiritual.
 
Neste sentido, a doença veio como um cumprimento do aviso do Senhor Jesus acerca do princípio das dores (Mateus, 24:8), dores estas que são necessárias, segundo os ensinos do Apóstolo Pedro (1 Pedro, 1:6), para a confirmação do nosso valor espiritual através da prova da nossa fé, como provados pelo Senhor também foram os trinta e dois mil guerreiros que estavam com Gideão (Juízes, 7:4), de tal forma que, no processo seletivo do Senhor Deus, restaram apenas trezentos guerreiros para o combate contra mais de cento e vinte mil midianitas, combate este vencido por Gideão e seus guerreiros pela vontade e poder do Senhor Deus.
 
É sabido que, segundo a palavra do irmão Apóstolo Paulo, que tudo que foi escrito no passado é para o ensino dos irmãos e irmãs (Romanos, 15:4), para o fortalecimento da paciência por meio da consolação das Escrituras Sagradas, de tal forma que a esperança mantenha-se firme, assim como firme foi a coragem de Gideão e seus trezentos guerreiros que, diante daquela tribulação, perseveraram no combate para uma experiência única e sem precedentes de vencer um grande e inumerável exército, confirmando a esperança de que o Senhor Deus ainda estava do lado do povo israelita.
 
Neste ano um novo combate surgiu, o combate contra uma doença contagiosa que assolou e assola a humanidade com diversas aflições que levam à insegurança, medo e ansiedade. Claro que, pelos irmãos e irmãs da Sã Doutrina estarem no mundo, é inevitável que também participem destas mesmas aflições, contudo, assim como os guerreiros de Gideão, os irmãos e irmãs mostraram-se preparados e experientes para este combate, confiantes na fé e na coragem pela presença de Deus, cientes de que, ainda que a vida material de alguns irmãos e/ou irmãs tenha se encerrada por conta desta doença, a vida espiritual seguiu para a Glória Eterna, não havendo que se falar em derrota, mas em vitória no combate da carne contra o espírito, sendo este último o vencedor. Onde esta, ó morte, a tua vitória? Onde esta, ó morte, teu aguilhão? (1 Coríntios, 15:55)
 
Por isso, o ano que se encerra não é um ano para ser esquecido, mas o contrário, é um combate vitorioso que deve ser lembrado e marcado para sempre, um ano de agradecimento pela proteção divina, pelas bençãos que se multiplicam, pelas experiências que fortaleceram a família da fé que se manteve unida mesmo com as imposições de distanciamento, que se adaptou fazendo o bom uso das ferramentas tecnológicas a favor da edificação espiritual, mantendo fortalecido o laço da amizade e do companheirismo.
 
A todos os irmãos e irmãs, que a mensagem acima possa manter e/ou trazer ânimo para que todos permaneçam na mesma e até maior determinação diante das aflições inevitáveis neste curto espaço de tempo em que há vida no mundo, superando as dificuldades e vencendo as tribulações através do bom combate vitorioso (2 Timóteo, 4:7) com a presença do Senhor Deus, de seu Filho amado e do Santo Espírito. Amém.

Apresentação: André Cardoso
Banners: Edgar Macedo
Edição: Leandro Mazano

Publicado em 30/12/2020
Equipe Secom Org