Foto da noticia

O Jovem Cristão no Mercado de Trabalho

02 de Agosto de 2016


Escrito por Patrícia Franzotti Mena   
29-Nov-2010
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos 

 - patyfmena@gmail.com 

 Um grande anseio da juventude é conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho, para isso muitos dedicam seu tempo a cursos técnicos, cursos de especializações e faculdades, sendo necessário para isso uma certa disponibilidade financeira também. 

Antes de escolher uma profissão é bom que o jovem pesquise e esteja ciente das vantagens e desvantagens da profissão escolhida, assim como analisar se haverá campo de trabalho, se o dia-a-dia desta profissão realmente lhe agrada e se a remuneração atingirá as expectativas. Depois de obtidas essas informações o jovem ficará mais seguro nesta escolha.
Após alguns anos de estudo e com o diploma em mãos é hora de ingressar no mercado de trabalho, e para isso o jovem precisará de paciênciaperseverança e dos conhecimentos adquiridos durante os estudos e estágios. 
Para nós, cristãos da Sã Doutrina, um obstáculo bastante comum é em relação ao sábado, mas eu digo por experiência própria que não chega a ser um empecilho nem um impedimento para se conseguir um bom emprego, pois sou farmacêutica e, como é do conhecimento de todos, todas as farmácias abrem com expediente normal aos sábados, mas com a graça de Deus assim que me formei já consegui entrar no mercado de trabalho onde permaneço até hoje. 
O mundo está cada dia mais competitivo e exigente, nossa luta não se resume em apenas entrar no mercado de trabalho, mas também a conseguir permanecer nele. Com tantos avanços da tecnologia devemos nos manter sempre atualizados, e em constante renovação de conhecimento, para podermos oferecer sempre mais para a área que nos designamos a seguir. O bom conhecimento é o que difere um profissional de “o” profissional.  
Sem dúvidas o que devemos manter sempre aceso em nossas mentes é que a base de tudo o que queremos e desejamos está dentro de nós.  
Um ponto fundamental é a oração. Devemos pedir a Deus que Ele nos abra as portas e nos prepare coisas boas, mas também devemos fazer nossa parte, lutar para que nossos sonhos se tornem realidade.  
É natural, e faz parte de nós seres humanos, querer constituir uma família e buscar uma vida confortável para a mesma, pois sem esse desejo de querer crescer é como se nós parássemos no tempo. Mas para nossa vida pessoal e profissional prosperar é necessário que estejamos cumprindo também nossos compromissos com Deus, como a freqüência nos cultos, nas reuniões, nos eventos da Sã Doutrina, na prática da caridade fraternal e espiritual, entre outros.
 
 
Atualizado em ( 06-May-2011 )

Publicações