Foto da noticia

O Direito do Primogênito

02 de Agosto de 2016


Escrito por Pedro Augusto Silva   
06-Aug-2012
sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos 

 - Pedrinho


Deuteronômio 21:15 a 17-

15- Quando um homem tiver duas mulheres, uma a quem ama e outra a quem despreza, e a amada e a desprezada lhe derem filhos, e o filho primogênito for da desprezada,

16- Será que, no dia em que fizer herdar a seus filhos o que tiver, não poderá dar a primogenitura ao filho da amada, preferindo-o ao filho da desprezada, que é o primogênito. 

17- Mas ao filho da desprezada reconhecerá por primogênito, dando-lhe dobrada porção de tudo quanto tiver; porquanto aquele é o princípio da sua força, o direito da primogenitura é dele.
 
Irmãos, segundo a profecia bíblica, Israel é o filho primogênito do Senhor Deus, e as mulheres representam as leis.
 
Êxodo 4:22- Então dirás a Faraó: Assim diz o SENHOR: Israel é meu filho, meu primogênito.
Gálatas 4:21 a 31-

21-  Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei?

22- Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre.

23- Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa.

24- O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar.

25- Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos.

26- Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós.
27- Porque está escrito: Alegra-te, estéril, que não dás à luz; Esforça-te e clama, tu que não estás de parto; Porque os filhos da solitária são mais do que os da que tem marido. 

28- Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque.

29- Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora.

30- Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre.

31- De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.
Neste texto encontramos escrito que Agar, serva de nosso pai Abraão, representa a escrava, pois era serva e deu filhos a Abraão quando Sara sofria de esterilidade. Portanto, seus filhos nasceram para a servidão, que representa também o monte de Sinai, onde seus filhos nasceram segundo a carne, e não houve ressurreição espiritual entre eles, exceto alguns que o Senhor Deus ressuscitou, como está escrito:
 
 João 5:21-Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer.
 
Todos sabemos que não houve salvação espiritual no velho testamento, mas nós que somos convertidos do povo gentio ao cristianismo, reconhecemos os judeus como primogênitos, sendo que nós somos o segundo filho.
 
Romanos 9:6 ao 33-
6- Não que a palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas;
7- Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. 
8- Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência. 
9- Porque a palavra da promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho. 
10- E não somente esta, mas também Rebeca, quando concebeu de um, de Isaque, nosso pai;
11- Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama),
 
12- Foi-lhe dito a ela: O maior servirá o menor. 
13- Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú.
14- Que diremos, pois? Que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma.
15- Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia.
16- Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece.
 
17- Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra.
18- Logo, pois, compadece-se de quem quer, e endurece a quem quer.
19- Dir-me-ás então: Por que se queixa ele ainda? Porquanto, quem tem resistido à sua vontade?
20- Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? 
21- Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?
 
22- E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição;
23- Para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou,
24- Os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? 
25- Como também diz em Oséias: Chamarei meu povo ao que não era meu povo; E amada à que não era amada.
26- E sucederá que no lugar em que lhes foi dito: Vós não sois meu povo; Aí serão chamados filhos do Deus vivo. 
 
27- Também Isaías clama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo. 
28- Porque ele completará a obra e abreviá-la-á em justiça; porque o Senhor fará breve a obra sobre a terra.
29-  E como antes disse Isaías: Se o Senhor dos Exércitos nos não deixara descendência, Teríamos nos tornado como Sodoma, e teríamos sido feitos como Gomorra.
30- Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé.

31- Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou à lei da justiça.
32- Por quê? Porque não foi pela fé, mas como que pelas obras da lei; tropeçaram na pedra de tropeço;
33- Como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; E todo aquele que crer nela não será confundido.
 
Há aqui um detalhe importante: Veja que segundo a lei, o primogênito de Abraão foi Ismael, mesmo sendo ele filho da escrava. Esta primogenitura teve sua validade segundo a carne, mas estamos tratando da primogenitura segundo a promessa de Deus, a qual determinada por Deus a Abraão, a primogenitura ficou para Isaque. Depois temos outra curiosidade, que foi o nascimento de Jacó e Esaú, segunda geração depois de Abraão: Esaú foi o primogênito no nascimento, mas vendeu sua primogenitura ao seu irmão Jacó, depois chamado de Israel.
 
Gênesis 25:29 a 34 –
29- E Jacó cozera um guisado; e veio Esaú do campo, e estava ele cansado;
30- E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou Edom.
31- Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura.
32- E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura?
33- Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó.
34- E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.
 
Este fato foi providenciado por Deus para que se cumprisse a sua promessa a Abraão. Deste modo, o povo de Israel passou a ser o primogênito, segundo a promessa de Deus. Veja que Rebeca, na sua gravidez, sentia os filhos lutando entre si no seu ventre.
 
Gênesis 25:21 a 23 –
21- E Isaque orou insistentemente ao SENHOR por sua mulher, porquanto era estéril; e o SENHOR ouviu as suas orações, e Rebeca sua mulher concebeu.
22- E os filhos lutavam dentro dela; então disse: Se assim é, por que sou eu assim? E foi perguntar ao SENHOR.
23-  E o SENHOR lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor.
 
Observe que o texto diz que "o maior servirá o menor". Portanto, o evangelho e a lei vieram para os judeus, como bem disse o senhor Jesus à mulher samaritana:
 
João 4:22- Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos por que a salvação vem dos judeus.
 
Gênesis 49:8 a 12 -
8- Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. 
9- Judá é um leãozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um leão, e como um leão velho; quem o despertará?
10- O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos.
11- Ele amarrará o seu jumentinho à vide, e o filho da sua jumenta à cepa mais excelente; ele lavará a sua roupa no vinho, e a sua capa em sangue de uvas.
12- Os olhos serão vermelhos de vinho, e os dentes brancos de leite.
Os Israelitas judeus nos serviram como está escrito:
 
Miquéias 4:1 a 2 -
1- MAS nos últimos dias acontecerá que o monte da casa do SENHOR será estabelecido no cume dos montes, e se elevará sobre os outeiros, e a ele afluirão os povos. 
2-E irão muitas nações, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do SENHOR, e à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR de Jerusalem.
 
Isaías 2:2 a 4 –
2- E acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do SENHOR no cume dos montes, e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. 
3- E irão muitos povos, e dirão: Vinde, subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do SENHOR. 
4- E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.
 
Ora, o Senhor Deus se aborreceu com o povo de Israel e estabeleceu um novo concerto, através de Jesus Cristo. Esta promessa não foi segundo a carne, como foi com Abraão, mas segundo o espírito. A possessão não era mais herança de domínio e terras como foi antigamente, mas sim uma herança espiritual. Esta promessa também partiu de um primogênito, não gerado segundo a carne, mas segundo o espírito. Assim Deus não descumpriu a Lei dos primogênitos, mas fez ela se cumprir no espírito. O Senhor Jesus é o filho primogênito do Senhor Deus, como está escrito:
 
Romanos 8:28 a 30 –
28- E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
29- Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
30- E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
 
Vemos que o filho de Deus recebeu porção dobrada, como está escrito sobre o direito do primogênito:
 
Mateus 28:18 a 20 –
18- E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
19- Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
20- Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
 
João 3:35- O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos.
 
Mateus 11:27 - Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
 
O Senhor Jesus também é o primogênito dos mortos, como está escrito em Apocalípse:
 
Apocalipse 1:4 a 6 –
4- João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono;
5- E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,
6- E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.
 
Além disso, Jesus também é o mestre de toda a criação do Senhor Deus, como nos diz o apóstolo Paulo aos Colossenses:
 
Colossenses 1:3 ao 23 –
3-  Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós,
4- Porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes para com todos os santos;
5- Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho,
6- Que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade;
7- Como aprendestes de Epafras, nosso amado co-servo, que para vós é um fiel ministro de Cristo,
 
8- O qual nos declarou também a vossa caridade no Espírito.
9- Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual;
10-  Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus; 
11- Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo;
12- Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz;
 
13- O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;
14- Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados;
15- O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;
16- Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. 
17- E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.
 
18- E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. 
 
19- Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse,
20- E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. 
21- A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora, contudo, vos reconciliou.
22- No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis, 
23- Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.
 
Quando nasceu a lei do espírito de vida do Senhor Jesus Cristo, como podemos ver no texto abaixo:
 
Romanos 8:2 aos 6 –
2- Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
3- Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;
4- Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
5- Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.
6- Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.
 
Esta lei (do espírito de vida) é a mulher amada, porque ela gera filhos para a liberdade da glória de Deus, ou seja, para a salvação, como está escrito:
 
Hebreus 12:22 ao 29 –
22- Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;
23- À universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;
24- E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.
25- Vede que não rejeiteis ao que fala; porque, se não escaparam aqueles que rejeitaram o que na terra os advertia, muito menos nós, se nos desviarmos daquele que é dos céus;
26- A voz do qual moveu então a terra, mas agora anunciou, dizendo: Ainda uma vez comoverei, não só a terra, senão também o céu.
27- E esta palavra: Ainda uma vez, mostra a mudança das coisas móveis, como coisas feitas, para que as imóveis permaneçam.
28- Por isso, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade;
29- Porque o nosso Deus é um fogo consumidor.
 
A lei do mandamento carnal (a lei dos sacrifícios e holocaustos, do dente por dente e olho por olho), tornou-se a mulher aborrecida, aquela que é escrava. Esta lei foi abolida por nosso Senhor Jesus Cristo como podemos comprovar no texto abaixo:
 
II Coríntios 3:1 a 18 –
1- Porventura começamos outra vez a louvar-nos a nós mesmos? Ou necessitamos, como alguns, de cartas de recomendação para vós, ou de recomendação de vós? 
2- Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. 
3-  Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.
4-  E é por Cristo que temos tal confiança em Deus;
5- Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus,
6- O qual nos fez também capazes de sermos ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica.
 
7-  E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória,
8- Como não será de maior glória o ministério do Espírito? 
9-  Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça.
10- Porque também o que foi glorificado nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória. 
11- Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece. 
12- Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar.
 
13- E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório.
14- Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; 
15- E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.
16- Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
17- Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. 
18- Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.
 
A lei do antigo testamento nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo e ainda gerou o primogênito filho de Deus, como diz Moisés:
 
Deuteronômio 18:15 ao 19-
15- O SENHOR teu Deus te levantará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis;
16- Conforme a tudo o que pediste ao SENHOR teu Deus em Horebe, no dia da assembléia, dizendo: Não ouvirei mais a voz do SENHOR teu Deus, nem mais verei este grande fogo, para que não morra.
17- Então o SENHOR me disse: Falaram bem naquilo que disseram.
18-  Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.
19- E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele. 
 
Atos 3:18 ao 26-
18- Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer.
19- Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR,
20- E envie Ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado.
21- O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.
22- Porque Moisés disse aos pais: O Senhor vosso Deus levantará de entre vossos irmãos um profeta semelhante a mim; a ele ouvireis em tudo quanto vos disser-
23- E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo.
24- Sim, e todos os profetas, desde Samuel, todos quantos depois falaram, também predisseram estes dias.
25- Vós sois os filhos dos profetas e da aliança que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão: Na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra. 
26- Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para que nisso vos abençoasse, no apartar, a cada um de vós, das vossas maldades.
 
Contudo, o Senhor Jesus não aboliu os mandamentos como muitos pensam. Ao contrário, Ele associou-os com o seu sacrifício, tirando a enfermidade que havia na lei, tornando-a perfeita e escrevendo-as, pelo espírito de Deus, nos corações e nas mentes dos homens.
 
Jeremias 31:31 a 37 -
31- Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.
32- Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR. 
33- Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 
34- E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. 
35- Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome.
36- Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o SENHOR, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre.
37- Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR.
 
Como já dissemos, a lei do antigo testamento deu à luz o Senhor Jesus Cristo, como podemos claramente no texto abaixo:
 
Apocalipse 12:1 e 2 –
1- E VIU-SE um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.
2- E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz.
 
Apocalipse 12:5 - E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.
 
Também podemos ver:
 
Apocalipse 2:25 ao 29 –
25- Mas o que tendes retende-o até que eu venha.
26- E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações,
27- E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai.
28- E dar-lhe-ei a estrela da manhã. - Mas o que tendes, retende-o até que eu venha.
29- Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. 
 
No capítulo 11 de romanos, o apóstolo fala do endurecimento de Israel e a entrada da plenitude dos gentios, dizendo:
 
Romanos 11:1 ao 32 –
1- DIGO, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.
2- Deus não rejeitou o seu povo, que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como fala a Deus contra Israel, dizendo:
3- Senhor mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma?
4- Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil homens, que não dobraram os joelhos a Baal.
 
5- Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça.
6- Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.
7- Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos.
8- Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje.
 
9- E Davi diz: Torne-se-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, E em tropeço, por sua retribuição;
10- Escureçam-se-lhes os olhos para não verem, E encurvem-se-lhes continuamente as costas.
11- Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação.     
12- E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude!
 
13- Porque convosco falo, gentios, que, enquanto for apóstolo dos gentios, exalto o meu ministério;
14- Para ver se de alguma maneira posso incitar à emulação os da minha carne e salvar alguns deles. 
15- Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?
16- E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são.  
 
17- E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira,
18-  Não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. 
19- Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado.
20- Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme.
 
21- Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também.
22- Considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, benignidade, se permaneceres na sua benignidade; de outra maneira também tu serás cortado. 
23- E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus para os tornar a enxertar.
24- Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!
 
25- Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.
26- E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. 
27- E este será o meu pacto com eles, quando eu tirar os seus pecados.
28- Assim que, quanto ao evangelho, são inimigos por causa de vós; mas, quanto à eleição, amados por causa dos pais.
 
29- Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento.
30- Porque assim como vós também antigamente fostes desobedientes a Deus, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles, 
31- Assim também estes agora foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. 
32- Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia.
 
A lei antiga nos serviu de aio porque estava enferma pela carne, isto é, além dos sacrifícios, oblações, ordenanças e rituais, que eram feitos somente para a carne, o Senhor Deus não se agradou da maioria do povo de Israel porque foram desobedientes aos mandamentos, os quais haviam sido dados para que tivessem o direito de habitar na terra que mana leite e mel, ou seja, havia um concerto para preservar o homem na carne e para que este pudesse desfrutar da herança, que por ser carnal, perecem pelo uso. Veja o texto de Deuteronômio, capítulos 8 e 9 e Neemias capítulo 9, os quais não vamos transcrever para que o trabalho não fique muito longo (ler na bíblia).
 
I Corintios 10:1 a 33 – Não devemos tentar a Cristo, como alguns dos israelitas o tentaram
 
1- ORA, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem, e todos passaram pelo mar.
2- E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar,
3- E todos comeram de uma mesma comida espiritual,
4- E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo.
5- Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto.  
6- E estas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram.
7- Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo assentou-se a comer e a beber, e levantou-se para folgar. 
 
8- E não nos prostituamos, como alguns deles fizeram; e caíram num dia vinte e três mil.
9- E não tentemos a Cristo, como alguns deles também tentaram, e pereceram pelas serpentes.
10- E não murmureis, como também alguns deles murmuraram, e pereceram pelo destruidor.
11- Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos.
12- Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.
13- Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar. 
14- Portanto, meus amados, fugi da idolatria.
 
15- Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo.
16- Porventura o cálice de bênção, que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo?
17- Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. 
18- Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar?
19-Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa?
20- Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. 
21- Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.
 
Liberdade e caridade cristãs
 
22- Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que ele?
23- Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.
24- Ninguém busque o proveito próprio; antes cada um o que é de outrem.
25- Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar nada, por causa da consciência.
 
26- Porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude.
27- E, se algum dos infiéis vos convidar, e quiserdes ir, comei de tudo o que se puser diante de vós, sem nada perguntar, por causa da consciência.
28- Mas, se alguém vos disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência; porque a terra é do Senhor, e toda a sua plenitude.
29- Digo, porém, a consciência, não a tua, mas a do outro. Pois por que há de a minha liberdade ser julgada pela consciência de outrem?
 
30- E, se eu com graça participo, por que sou blasfemado naquilo por que dou graças?
31- Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.
32- Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus.
33- Como também eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que assim se possam salvar.
 
Irmãos, quanto a nós que convertemos dos gentios ao Cristianismo, somos os últimos trabalhadores da vinha do Senhor. Deus nos convida para entrar na cidade santa, na Jerusalém de cima, aos milhares de anjos, à universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juíz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados, e a Jesus, mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor que o de Abel.
 
Hebreus 12:22 ao 24-
22- Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;
23- À universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;
24- E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.
 
Portanto esta é uma nova terra que verdadeiramente mana leite e mel, uma Canaã que não perece pelo uso, e que o tempo não consome, ou seja, é uma vida eterna, que está em Deus, no Senhor Jesus Cristo e no Espírito Santo de Deus.
 
A paz de Deus, o amor do Senhor Jesus e a comunhão do Espírito Santo seja com todos os irmãos! Amém.
 
Pedro Augusto Silva.    
Digitado por Gilmar Augusto.
Envie seu comentário sobre este estudo para:
gilmar_aug@yahoo.com.br

Atualizado em ( 25-Jun-2014 )
 

Publicações