Foto da noticia

A história de Isaque

02 de Agosto de 2016



Escrito por Silvano Sá da Costa   
10-Mar-2008
www.sadoutrina.org - Biblioteca Digital - Trabalhos
  -  silvaclarimi@yahoo.com.br
 
                                                                
Quando Isaque tomou Rebeca por esposa, tinha a idade de quarenta anos. E por Rebeca ser estéril, orou instantemente ao Senhor Deus, o qual ouviu suas orações, fazendo com que Rebeca concebesse a filhos gêmeos: Esaú e Jacó. E Isaque era da idade de sessenta anos quando estes nasceram. Esáu foi perito na caça e Jacó habitava em tendas. Isaque amava a Esaú, porque a caça era do seu gosto, mas Rebeca amava a Jacó.                
 
 Certo dia, Jacó havia cozido um guisado de lentilhas. E vindo Esaú do campo, chegou ali cansado e pediu-lhe o guisado. Jacó então perguntou-lhe se venderia a sua primogenitura em troca do guisado. E Esaú, cansado, jurou-lhe e Jacó deu-lhe pão e o guisado. E este comendo e bebendo, depois levantou-se e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.         
 
Havia fome na terra, além da primeira fome nos dias de Abraão. Em razão disso, Isaque foi a Gerar e lá habitou, por ordenança de Deus. E perguntando os varões daquele lugar sobre a sua mulher, ele respondeu que era sua irmã (da mesma que forma que Abraão). Certo dia, Abimeleque, rei de Gerar, olhou pela janela e viu Isaque brincando com Rebeca e logo entendeu que era sua esposa. E temendo Abimeleque alguma praga de Deus, pediu que Isaque se apartasse daquelas terras. Então Isaque foi-se dali e habitou no vale de Gerar. E tinha Isaque possessão de ovelhas, vacas e muita gente de serviço. E dali subiu a Berseba. E Abimeleque, da mesma forma que fez a Abraão, veio até onde Isaque estava e com ele fez um pacto. Quando Esaú tinha a idade de quarenta anos, tomou por mulher Judite, filha de Beeri, e Basmate, filha de Elom, o que foi para Isaque e Rebeca uma amargura de espírito.   
 
       
 
Tendo Isaque envelhecido, os seus olhos se escureceram, de maneira que não podia ver. Certo dia chamou Esaú e pediu-lhe que tomasse o seu arco e sua aljava e saísse ao campo para apanhar alguma caça para que fizesse um guisado saboroso para ele. E Rebeca escutou quando Isaque falava ao seu filho Esaú e foi ao encontro de Jacó, vestindo-o de peles de cabritos e com os vestidos de gala de Esaú. Depois disto, fez um guisado de cabrito e deu-o a Jacó para que levasse ao seu pai. Dessa forma, Isaque abençoou a Jacó. E tornando Esaú do campo e fazendo um guisado com a caça que havia trazido, trouxe-o ao seu pai. E não podendo ser abençoado por seu pai, chorou e depois disto, disse que após a morte do seu pai Isaque, mataria o seu irmão Jacó. E sabendo Rebeca das intenções de Esaú, pediu para que seu filho Jacó fugisse para Padã-Arã, local onde morava o seu irmão Labão.
 
Atualizado em ( 21-Feb-2010 )
 

Publicações